Catarinense participa de concurso internacional de música

Anna Cristina de Souza Zanetti, de Jaraguá do Sul, é uma das 197 selecionadas do Avon Voices

Anna Cristina canta a música "That's the way it is" no Avon Voices
Anna Cristina canta a música "That's the way it is" no Avon Voices Foto: Lucio Sassi

Uma voz com sotaque catarinense pode se tornar a voz feminina que um concurso internacional está procurando: a jaraguaense Anna Cristina de Souza Zanetti está entre as selecionadas para a próxima etapa do Avon Voices, que busca talentos do canto entre mulheres do mundo inteiro. Anna Cristina foi escolhida entre as cerca de 7 mil inscritas na primeira etapa e agora se prepara para a parte mais difícil: esperar enquanto as votações ocorrem no site do concurso.

A oportunidade de participar apareceu quando Anna viu a divulgação das inscrições no Twitter da marca de produtos de beleza.

? Eu tive uma sensação de ‘é agora, chegou o momento’. Sabia que era uma grande chance ?, afirma.

A empolgação em participar de um concurso internacional foi tão grande que ela até esqueceu de um detalhe: ao ser perguntada por uma amiga sobre a premiação, ela percebeu que nem havia pensado nisso.

? Minha amiga me perguntou o que ganhava no final. Eu olhei assustada para ela e falei: não sei! ?, conta a jaraguaense, aos risos.

Agora, já sabe: as duas finalistas ganham contratos para gravação de um CD, depois de passar por aulas e oficinas de canto.

Apaixonada por música desde a infância, Anna Cristina se lembra de transformar toda brincadeira em show e todo brinquedo em microfone. Virar cantora, no entanto, foi uma ideia que só apareceu depois de adulta. Pianista desde os 10 anos, ela foi estudar piano popular no Conservatório de Curitiba e chegou a formar uma banda de garagem aos 18 anos, mas só aos 20 resolveu estudar canto. Desde então, Anna Cristina canta e, atualmente, tem uma banda, a Farenight, que se apresenta em festas e eventos em Jaraguá e região.

Aos 30 anos, a cantora resolveu participar pela primeira vez de um grande concurso de canto ao sentir que deveria concorrer no Avon Voices. E entre as participantes do mundo inteiro, ela conquistou uma vaga das 197 disponíveis para a primeira rodada de votações. Para participar dessa fase, Anna Cristina foi ao Rio de Janeiro e se encontrou com as outras candidatas da América Latina para gravar os vídeos que serão julgados.

? Essa primeira experiência foi de muito aprendizado. Fizemos muitas amizades, ninguém estava com espírito de rivalidade ?, avalia ela, que foi a única catarinense selecionada entre as dez brasileiras escolhidas na primeira etapa.

Agora Anna está entre as 136 candidatas que esperam chegar à etapa seguinte enquanto são votadas pelo público e pelos jurados – as outras 61 concorrentes são revendedoras Avon, que participam concorrendo apenas entre si. Para passar, ela precisa receber o maior número de votos do público, que ainda será somado com as notas dos corpo de jurados, formado por profissionais como a cantora americana Fergie e a brasileira Ivete Sangalo.

As dez semi-finalistas serão levadas para Los Angeles para participar de cursos e fazer uma espécie de transformação dos sonhos, com cabelereiros e maquiadores. Mas viagens e transformações estão longe do que Anna Cristina realmente sonha:

? Para mim, o palco é o lance, é estar perto do público. CD e sucesso fazem parte, mas vêm depois.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna