Cauã Reymond posa para campanha pelo fim da violência doméstica no Brasil

Dados mostram que uma em cada cinco mulheres brasileiras consideram já terem sofrido violência dentro de casa

Foto: Banco Mundial

Dez personalidades masculinas – entre as quais os atores Cauã Reymond, Gabriel Braga Nunes, Thiago Fragoso, Rodrigo Simas e o judoca Flavio Canto – foram convidadas a posar empunhando um cartaz com a mensagem “Homem de verdade não bate em mulher”.

As fotos são para uma campanha que o Banco Mundial lançará no dia 1º de março, que tem por objetivo debater sobre o tema e ampliar a conscientização. A única participante mulher é Maria da Penha Maia Fernandes, que dá nome à legislação.

Dados do Mapa da Violência 2012 – Homicídios de Mulheres no Brasil mostram que uma em cada cinco mulheres brasileiras consideram já terem sofrido violência dentro de casa. Em 80% dos casos, os agressores são namorados e maridos.

? A igualdade entre os gêneros é fundamental para o desenvolvimento e a produtividade econômica. A questão também envolve meninos e homens. Os homens não perdem nada quando os direitos femininos são promovidos. Ao contrário, estudos indicam que relações equilibradas são boas para as mulheres, homens e famílias ? diz Deborah L. Wetzel, diretora do Banco Mundial para o Brasil.

? Por isso o Banco Mundial está promovendo uma campanha para engajar os homens. A Lei Maria da Penha não é uma legislação contra eles, mas por um futuro melhor para todos ? completa.

A campanha será lançada no site oficial do Banco Mundial no Brasil, com o convite para que os internautas se engajem através das mídias sociais. Para tanto, basta tirar uma foto segurando um cartaz com a mensagem HOMEM DE VERDADE NÃO BATE EM MULHER e postar no instagram ou no Twitter (@worldbanklac) com a hashtag #souhomemdeverdade.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna