Chocolate é um delicioso aliado da beleza quando aplicado na pele

Iguaria tem ação hidratante e nutritiva, atuando no combate ao envelhecimento precoce

Tratamento da pele com chocolate só não é indicado para quem tem acne
Tratamento da pele com chocolate só não é indicado para quem tem acne Foto: Stock Photos

Com a proximidade da Páscoa, um delicioso alimento rouba a cena com uma aplicação diferenciada: além de ser uma iguaria deliciosa, o chocolate é muito indicado e utilizado em diversos tratamentos estéticos, especialmente por sua capacidade de nutrir e evitar o envelhecimento cutâneo. A aplicação do alimento na pele, principalmente do rosto, resgata o frescor, combate as marcas da idade e permite uma excelente renovação das células.

Desde a época de Cleópatra, os astecas utilizam o chocolate com fins estéticos, usando sua essência em banhos relaxantes. A rainha do Egito exaltou o alimento utilizando-o em banhos de infusão que, segundo ela, garantiam sua beleza e a faziam se sentir mais sensual. E não é para menos.

Segundo a médica esteticista Juliana Moraes, diretora da clínica Vitalle Antiaging, no Rio de Janeiro, a iguaria, quando utilizada em tratamentos para a pele, tem o poder de hidratar profundamente, tonificar, rejuvenescer e dar brilho.

? Além de seu perfume inconfundível, o chocolate tem ação nutritiva de alto alcance, que deixa a pele mais macia, viçosa e com aspecto aveludado ? analisa.

A especialista explica ainda que o aroma do alimento estimula a produção do neurotransmissor serotonina, das endorfinas e das encefalinas, responsáveis pelas sensações de prazer e bem estar junto ao cérebro.

A resposta é resultado de diversas pesquisas realizadas com o alimento ao longo dos anos, que comprovam a capacidade nutritiva e saudável do chocolate devido a uma composição que conta com cálcio, magnésio, sais minerais, ferro, fósforo, proteínas, gorduras e diversas vitaminas.

Seu uso na pele é estimulado por sua ação antioxidante, que combate os radicais livres, retardando o envelhecimento e evitando a formação de rugas. Além disso, como ele é rico em gordura saturada, quando em contato com a cútis, o popular doce forma uma espécie de “barreira protetora”, que evita que a umidade natural da epiderme escape, deixando a superfície celular hidratada por mais tempo, mesmo em situações extremas de ressecamento, como sol forte e vento.

Utilização na forma de máscara

Entre os tratamentos mais conhecidos utilizando o alimento, o que mais se destaca é a máscara de chocolate, conhecida aliada das mulheres brasileiras na hidratação facial e apelidada de ‘chocoterapia facial’. Juliana Moraes explica que o procedimento é feito inicialmente com uma higienização da pele, esfoliação ou mesmo um peeling de cristal, com o objetivo de remover as células mortas do rosto, pescoço e colo.

Em seguida, uma máscara hidratante industrializada com base de chocolate e enriquecida com ativos complementares é aplicada e é realizada uma massagem suave e deslizante, que ativa a circulação e oxigenação das células, renovando, tonificando e hidratando a pele. Para um maior  estímulo de renovação celular  o tratamento é finalizado com um peeling químico de alpha e beta hidróxido ácidos, seguido da aplicação de sérum revitalizante com DMAE, produto que promove um efeito lifting imediato.

? A mudança é instantânea, mas intensificada após o terceiro dia que segue o tratamento ? comenta a médica esteticista.

De acordo com a especialista, a terapia com chocolate é bastante indicada para pessoas que estejam com a pele desvitalizada, danificada ou ressecada pela exposição ao sol, vento e mar. Juliana aconselha o tratamento especialmente para esta época do ano, logo após o verão, por sua excelente ação recuperadora.

? A única contraindicação é para pessoas com pele muito oleosa, já que, nesses casos, ele pode desencadear o surgimento de acne ? conclui.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna