Cinquenta Tons de Cinza poderá ter versão restrita para maiores

Produtor admitiu possibilidade do filme ter versões com classificações indicativas diferentes

Foto: Entertainment Weekly

O popular romance Cinquenta Tons de Cinza pode chegar ao cinema em duas versões: uma voltada para menores de 17 anos e outra só para maiores. Pelo menos essa é a vontade do produtor Dana Brunetti, responsável pela adaptação cinematográfica do best seller.

No portal Collider, Brunneti admitiu que gostaria que uma versão com menos restrições de conteúdo fosse lançada algumas semanas depois do lançamento da versão mais soft. Assim, quem gostasse da versão mais comportada, poderia se aprofundar na experiência, conferindo depois o longa-metragem na classificação indicativa norte-americana nc-17, que permite cenas de sexo e violência explícitas.

O produtor ainda falou da polêmica em torno da mudanças de elenco para Jamie Dornan (que viverá Christian Grey) e Dakota Johnson (Anastasia Steele), considerando as discussões invevitáveis. Para Brunneti, como os fãs do livro são fiéis, uma parte do público sempre ficaria descontente com que fosse escalado.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna