Coloque cor no prato do bebê

A fase posterior ao desmame é fundamental para a criança aprender a comer bem

Alimentação das crianças deve incluir leite, que é fonte de proteínas e de cálcio
Alimentação das crianças deve incluir leite, que é fonte de proteínas e de cálcio Foto: Divulgação, stock.xchng

Um bom prato de feijão com arroz, mais carne e legumes. Parece o almoço do refeitório da empresa, mas é para seu bebê. Antes dos seis meses de idade, o leite materno é a única pedida. A partir dos nove meses, porém, a criança já pode começar a comer como um adulto. Mas como um adulto saudável.

É quando a gengiva fica mais forte, os dentes aparecem, e o bebê passa a ter mais controle sobre a língua. O cuidado nessa fase é fundamental, porque corresponde ao início da educação alimentar da criança, quando ela começa a sedimentar os hábitos alimentares para toda a vida – hábitos que, se forem ruins, podem levá-la a um histórico de doenças e obesidade desde a infância.

A orientação número um: nada de alimentos industrializados ou com muita gordura. Também não adianta dar arroz, legumes, suco e frutas para o bebê se, do outro lado da mesa, o pai, a mãe e o irmão devorarem aquela costela gordurosa, uma feijoada cheia de linguiça, um copão de refrigerante e muito chocolate de sobremesa.

– Os pequenos podem comer de tudo, mas a família precisa dar o exemplo – ressalta o presidente da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, José Paulo Ferreira.

A nutricionista Cynthia Striebel, da Caracol Escolinha, de Porto Alegre, tem experiência em convencer as crianças de que uma alimentação saudável também pode ser gostosa e divertida. Ela participa do Projeto Nutrir, que a escola tem para educação alimentar. Na quinta-feira passada, Cynthia mostrou como fazer receitas que vão agradar seu bebê e, de quebra, atrair também os mais crescidinhos para ajudar no bom exemplo.

Farofinha doce

Ingredientes
1 xícara de aveia em flocos
1 xícara de farelo de trigo
1 xícara de germe de trigo
1 xícara de amendoim
1 xícara de castanha
1 xícara de nozes
1/2 xícara de açúcar mascavo

Modo de fazer
– Liquidificar primeiro as castanhas e as nozes.
– Acrescentar os outros ingredientes e liquidificar mais um pouco até misturar bem.
– Servir com frutas picadas (ou amassadas) ou iogurte.

Saladinha primavera

Ingredientes
2 buquês de brócolis
1 beterraba grande
1 cenoura grande
1 chuchu grande sem casca
2 fatias grossas de queijo minas ou ricota
Forminhas de flores

Modo de fazer
– Cozinhar os legumes inteiros e deixar esfriar.
– Cortar as florzinhas do brócolis (use os talinhos para outra salada).
– Fatiar a beterraba, a cenoura e o chuchu em rodelas. Usando uma forminha, corte pequenas flores nas rodelas de legumes.
– Montar a salada em um prato grande, separando as cores dos legumes.
– Cortar o queijo em cubinhos.
– Distribuir sobre os legumes.

Dica: as forminhas podem ser encontradas em lojas que vendem ingredientes para a preparação de pães e bolos

Apesar do cardápio liberado, cautela e bom senso nunca são demais. Confira dicas de Ferreira e das nutricionistas Ana Harb, da Universidade do Vale do Rio do Sinos (Unisinos), e Tatiana Maraschin, do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Leia mais
Comente

Hot no Donna