Com imaginação é possível transformar peças antigas, ensina Xico Gonçalves

Revirar o guarda-roupa da tia ou da avó é o primeiro passo para renovar os looks

Sobreposições criam colorido e identidade para produções mais ousadas
Sobreposições criam colorido e identidade para produções mais ousadas Foto: Divulgação

Para quem já cansou das roupas de inverno, informo que a estação mal começou e promete ainda muito frio nos próximos meses. Vale a pena investir em roupas de inverno. Conservam a boa aparência por muitos anos e permanecem por mais tempo na moda pela neutralidade das cores e formas. Se o orçamento anda apertado para novos figurinos, use a imaginação para produzir uma nova imagem com o que tem no armário.

Mudança de identidade

:: A customização é o ato de transformar peças básicas em itens exclusivos através de cortes, navalhadas, pinturas, bordados ou aplicações. É uma forma de criar identidade nas roupas e ainda brincar com a imaginação. Calças ou peças de jeans aposentadas podem ser recicladas nesse processo com uma boa reforma, mudança de barra ou aplicação de detalhes.n Mude também a aparência do jeans manjado com uma lavagem diferenciada (estonado, tinto, destróier). Muitas lavanderias mantêm um serviço de lavagens para atualizar jeans antigos.

:: O preto permanece fundamental. A bossa agora é combiná-los em diversas texturas (couro + renda + musselina + veludo etc.) ou toques fluorescentes como o limão ou pink.

:: O visual anda ornamentado. Camisas básicas podem ganhar babados em tecidos de outras texturas no peito ou mangas. Os babados, soltos ou em cascata (mesmo em tons diferentes), podem atualizar qualquer peça do vestuário e vestidos de festa usados.

:: Aplicação de pétalas, detalhes ou franjas em relevo. Nada mais tem textura clean. Aproveite as peças minimalistas do armário e aplique a imaginação.

:: Laços em tecido ou couro podem dar uma reciclada em roupas e acessórios.

:: Tirinhas ou roletes em couro ou tecido fecham decotes e costuram panos, deslizando pelo buraco dos ilhoses, inspiradas nas amarrações dos corseletes. A tendência pode ser aplicada em roupas de outras estações por qualquer sapateiro que tenha máquina de ilhós.

:: Quem tem um pouco de habilidade pode bordar roupas usadas. Lantejoulas, canutilhos e miçangas mesmo salpicadas no tecido inspiram glamour.

:: O tema folk, no estilão anos 70, usa crochê e tricô, e muitas grifes investiram nesse estilo até para o inverno 2011. Essas são peças fáceis de encontrar em brechós ou com opção do “faça você mesma”, para quem tem dotes manuais.

:: Casacos 7/8, acima do joelho são ótimos para se proteger do frio. Vestem bem qualquer tipo de corpo. O comprimento moderno na bainha pode ser conseguido cortando mantôs longos.

:: Rendas ajudam nas sobreposições e detalhes vitorianos. Aparecem em peças inteiras e também em detalhes.

:: Sobreposições criam colorido e identidade para produções mais ousadas. Aproveite para sobrepor itens de meia estação com cor de inverno.

:: Assimetrias nos decotes, bainhas, mangas. Com criatividade e uma boa costureira é possível transformar as roupas simétricas neste look atual.

:: Assalte o guarda-roupa do pai, namorado ou irmão. A proporção masculina está supervalorizada na tendência “boyfriend”.

:: Revire o guarda-roupa da vovó ou da tia em busca de peças de outras épocas. Muitas senhoras guardam as boas roupas, e a moda sempre busca referência no passado.

:: Encurte as saias. Pode marcar comprimento mini ou midi (pelo meio da canela), que são as bainhas mais modernas da estação.

:: Adote meias e meias-calças coloridas. Inovam qualquer visual.

:: Recorra a acessórios superatuais. O acessório contamina a roupa.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna