Confira dicas para não errar na hora de comprar sapatos

Como qualquer outra parte do corpo, os pés também precisam de cuidados e a escolha do calçado faz toda a diferença

O sapato deve se adaptar a seus pés e não os pés ao sapato
O sapato deve se adaptar a seus pés e não os pés ao sapato Foto: Alan Pedro

Um sapato desconfortável pode destruir o bom humor de qualquer pessoa. Bolhas, calos, má circulação do sangue, de ar, dores na coluna, deformidade na ponta dos pés, mau odor, todos esses problemas podem ser frutos da má escolha do calçado.

Por isso, o Bem-estar destacou alguns cuidados importantes para você não errar na hora da compra:

:: Faça a compra no fim da tarde ou à noite, porque o pé incha ao longo do dia;

:: Nem um pouco largo, nem um pouco apertado: é preciso que o sapato esteja confortável;

:: Dê preferência para calçados feitos com couro. O material ajuda na boa transpiração dos pés;

:: Observe se o sapato se adapta aos dedos – que devem ficar livres dentro do sapato – e ao calcanhar. Dê uma voltinha para ver se o calçado oferece um bom equilíbrio e ande um pouco com o par para sentir como se adaptam aos pés;

:: Preste atenção nos dois pés para ter certeza que ambos estão confortáveis. Os pés podem variar de tamanho;

:: As mulheres que gostam de saltos altíssimos devem restringir o uso desses sapatos a ocasiões especiais;

:: Sandálias abertas não são adequadas para caminhar! O uso de sandálias força a musculatura dos dedos. Prefira sandálias com tiras que prendam os pés ao calcanhar;

:: Calçados com solas macias e absorventes podem ser mais confortáveis, principalmente se a atividade profissional obriga o usuário a ficar muitas horas em pé;

:: Esqueça aqueles tempos de amaciar os sapatos! Não compre sapatos apertados nem largos. Os largos em demasia podem provocar bolhas nos pés. O sapato deve se adaptar a seus pés e não os pés ao sapato.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna