Confira o que é verdade e o que é mito sobre a comida

Livro investiga como a dieta influencia todos os aspectos de vida

Nutricionista é recomendado quando o paciente necessita de uma reeducação alimentar
Nutricionista é recomendado quando o paciente necessita de uma reeducação alimentar Foto: Nestlé, divulgação

Jill Fullerton-Smith é cineasta e já passou dez anos de sua vida produzindo programas científicos para a rede de televisão BBC, em Londres. Intrigada com os muitos mitos que cercam a alimentação, em 2007 Jill criou o documentário The Truth About Food, destaque da televisão britânica, que originou um livro.

A Verdade sobre a Comida investiga como a dieta influencia todos os aspectos de vida, esclarecendo verdades e mitos sobre o que vai à mesa, oferece uma alternativa concreta para se comer bem, de modo consciente e saudável.

10 conclusões a que chegou Jill Fullerton-Smith:

1) O consumo regular de frutas vermelhas, como amora, framboesa e morango, ajuda a manter o cérebro jovem.

2) Há uma substância química presente na pele do tomate, encontrada também na melancia e na goiaba, que atua como protetor solar natural, ajudando a manter a pele jovem por mais tempo.

3) O espinafre é uma excelente fonte de pigmentos que protegem a retina. Pode ajudar a proteger os olhos de danos, em particular, de uma doença chamada degeneração macular relacionada com a idade.

4) Peixes são excelentes fonte de ácidos graxos Ômega-3, que podem reduzir o estresse e melhorar a memória.

5) Para ter e manter energia física e vital é uma boa ideia abastecer o organismo de energia comendo pouco e regularmente alimentos ricos em carboidratos.

6) Esconder ou restringir o consumo de um alimento pode aumentar ainda mais a vontade de comê-lo. No que diz respeito ao ditado “longe dos olhos, longe do coração” não se explica para alimentação.

7) Uma alimentação rica em nozes, frutas e hortaliças frescas, semelhante à de nossas ancestrais, ajuda realmente a reduzir o colesterol e a pressão arterial.

8) O organismo tem formas altamente eficientes de se livrar das toxinas. Não há indícios de que dietas severas de desintoxicação causem qualquer efeito positivo.

9) O vinho tinto contém substâncias que reduzem o risco de doenças cardíacas ? quando consumido com moderação, claro.

10) Sua taxa metabólica ? a quantidade de calorias que queima diariamente ? depende da faixa etária e do sexo, do nível de atividade física e do peso corporal. Ao contrário do que diz a crença popular, as pessoas mais pesadas têm taxas metabólicas maiores do que as mais leves.

Leia mais
Comente

Hot no Donna