Confira os highlights do último dia de São Paulo Fashion Week / Inverno 2015

Agência Fotosite/DIvulgação
Agência Fotosite/DIvulgação

Nesta sexta-feira o Parque Cândido Portinari recebeu o último dia de São Paulo Fashion Week , temporada de inverno 2015, com os desfiles de Ellus Second Floor, TNG, Acquastudio e Amapô, além de Apartamento 03, Wagner Kallieno e Llas. Confira os highlights do dia e fique por dentro:

Agência Fotosite/Divulgação

Agência Fotosite/Divulgação

ELLUS SECOND FLOOR
Inspirada na cultura e na paisagem nórdica da Islândia, o inverno 2015 da Ellus Second Floor tem pegada jovem e esportiva, com muito neoprene e malha em looks bastante comerciais. Com a participação da atriz Laura Neiva e do músico Fiuk, a marca apresentou looks que lembram o uniforme colegial, com muitas minissaias com pregas, jaquetas varsity (estilo jogador de futebol americano) e tops cropped. O desfile contou também com os belíssimos tricôs artesanais da estilista gaúcha Helen Rodel, além de uma série de t-shirts divertidas com estampas dos Cavaleiros do Zodíaco. 

Agência Fotosite/Divulgação

Agência Fotosite/Divulgação

 ACQUASTUDIO
Para seu inverno 2015, a estilista Esther Bauman trouxe novas interpretações para o universo barroco, apresentando uma coleção de vestidos, calças, saias e blusas com muito dourado, bordados, texturas e aplicações. Quando não reta,  a silhueta possui volume da cintura para baixo, através de saias godê, bastante volumosas, e evasê. Nos pés das modelos, ao invés de sapatos de salto alto, tênis dourados extremamente luxuosos.

Agência Fotosite/Divulgação

Agência Fotosite/Divulgação

AMAPÔ
O desfile da Amapô contou  até com o músico Lucas Fresno na passarela , mas nem precisava – a coleção era espetacular por si só. Em uma das apresentações mais divertidas da temporada (aplaudida de pé, vale dizer), as estilistas Carolina Gold e Pitty Tailani fizeram uma auto homenagem aos 10  anos da marca, reinterpretando seus clássicos jeans e trazendo um pout-pourri de tendências para a passarela.  No release da coleção, elas falavam em “japonismos, setentismos, oitentismos e noventismos” – o que, inicialmente, soou como uma mistura perigosa, mas bastou a primeira modelo entrar na passarela (ao som de Michael Jackson), que essa se transformou na mistura perfeita. Os modelos, que surgiam em cabelos cheios de dreads e tatuagens,  vestiam calças skinny, boca de sino, largas, moletons, jaquetas e até vestidos construídos em retalhos de jeans – azuis e coloridos. As peças com aplicações em pedrarias estilo “ostentação” (que serão disputadas a tapa quando comercializadas) e a atitude descolada transformaram a mulher Amapô naquela amiga livre e arrasa-corações que todo mundo tem.

Agência Fotosite/Divulgação

Agência Fotosite/Divulgação

TNG
Antes do último desfile da semana de moda de São Paulo, o clima pelos corredores era de cansaço e esgotamento da maratona de trabalho fashion. A TNG foi a marca escolhida para encerrar a temporada, e as expectativas eram altas: será que trariam celebridades da TV, como nos tempos de Fashion Rio? Será que a coleção vai surpreender os convidados? Comemorando seus 30 anos de existência, a TNG convidou três top models que fizeram parte de sua trajetória para caminhar na passarela: Mariana Weickert, Paulo Zulu e Michelle Alves. Além do casting totalmente acertado, as roupas também fizeram bonito: para as mulheres, peças em paetê (saias longas, cardigans e até um macacão com decote V profundo); jaquetas estilo militar em jeans, com cintura marcada por cinto e sobrepostas a vestidos leves e estampados. Para os homens, o destaque ficou na elegante alfaiataria da marca, com shape slim e uso de diversos tipos de lã na concepção das peças.

Leia mais
Comente

Hot no Donna