Conheça a sambista paranaense que é revelação do samba nacional

Karina está lançando seu primeiro CD

Foto: xx

O nome completo é Karina Silva, ela usa artisticamente apenas Karina, tem 31 anos, nasceu no Paraná e mudou-se para Santa Catarina aos oito anos. Karina acaba de lançar seu primeiro CD, Você Merece Samba, tendo como convidado um dos sambistas mais respeitados do país, Arlindo Cruz. Nesta entrevista, a cantora comenta o bom momento pelo qual está passando momento em que vem sendo considerada a nova revelação do samba brasileiro por Arlindo Cruz e Ivete Sangalo.

De Santa, sim

“Dizem que pai é aquele que cria não é mesmo? Me considero filha de Santa Catarina, levanto essa bandeira há muito tempo. A ligação é forte, tenho uma história linda na música e na vida que construí em Santa Catarina, amizades sólidas, bagagens e muitas vitórias. Eu saí do Paraná com oito anos de idade e minha história em Floripa começou aos 19, quando morei no Canto da Lagoa e trabalhei em estúdios de locução, enquanto estudava e também cantava em bares. Depois morei em São Francisco do Sul, Joinville e voltei a morar em Floripa em 2007.”

Trajetória

“Tive como produtor Márcio Pimenta, Nelsão Viana e fiz muitos trabalhos paralelos com a Banda Dazaranha e Daniel Lucena. Fiz shows de aberturas de shows para a turnê da Ivete Sangalo no Maracanã, de O Rappa e muitos outros. Gravei músicas de vários compositores renomados. Fui morar em Salvador, onde Letieres Leite (da Orkestra Rumpilezz) passou a ser meu diretor musical e de lá fui pro Rio pronta para gravar o meu CD de samba.”

Só canta samba?

“Cantei de tudo nessa vida. Eu vim da escola do Bar, de festivais de MPB. Nunca gostei de rótulos. Gosto de música com verdade e assim posso cantar do samba ao rock. Sempre gostei de colocar no repertório um pot-pourri bem brasileiro, muitas vezes um samba da Marrom, do Benito di Paula, Novos Baianos ou percussões com muitas células de samba. O samba-reggae também sempre esteve presente principalmente nos carnavais em que eu cantava pelo litoral do Estado entre Laguna, Floripa, Camboriú, Piçarras e São Francisco do Sul.”

Leia mais
Comente

Hot no Donna