Cuidado com os engenheiros sociais: eles podem enganá-la na web

Especialista esclarece dúvidas sobre comportamento nas redes e alerta para os perigos dos relacionamentos virtuais

Foto: Jefferson Botega

Estar conectada com as redes sociais faz parte do cotidiano das mulheres modernas. Postar comentários, percepções e fotos tomam um curto espaço de tempo no dia, mas dão um retorno inimaginável ao atualizar os amigos sobre as novidades.

Contudo, é sempre importante estar atenta à segurança do mundo virtual. Pensando nisso, o Donna conversou com o coordenador de ensino da Escola Senac Informática, Marcos Vinicios Bueno Marques, que atualmente desenvolve estudos sobre os impactos da Tecnologia da Informação no processo de ensino e aprendizagem.

:: As redes sociais são uma febre, independente da idade ou do perfil dos usuários. Qual a regra de ouro para não se expor demais?
Sem dúvida as redes sociais são hoje parte da vida de quem utiliza a internet, e esse meio tão poderoso, que alcança milhões de pessoas em segundos, pode causar problemas se não cuidarmos daquilo que publicamos. Não existe uma regra de ouro, mas poderíamos dizer que é preciso ter tranquilidade, coerência e sensibilidade para ler, interpretar e reagir aos movimentos nestas redes. E os mesmos cuidados em relação aos nossos estímulos emocionais, pois é muito fácil, em momentos de alegria, tristeza, euforia ou comoção, lançarmos nossos dedos em direção ao Twitter, Facebook ou Orkut sem pensar sobre o que estamos escrevendo, podendo causar exposição demasiada ou reações constrangedoras.

:: O que deve ser evitado nas redes sociais?
Nunca dê informações pessoais de forma completa, não publique telefones, endereços ou dados de familiares e sempre use as regras de privacidade disponibilizadas nestas redes para reduzir o universo de pessoas que tem acesso aos seus dados mais íntimos. Também não misture prazer com trabalho, se quer manter contato com colegas de trabalho faça perfis diferentes. No perfil pessoal, nunca use seu nome completo, use o primeiro nome ou um apelido seguido de outra palavra que substitua o sobrenome, dificultando a sua localização por pessoas que não o conheçam bem. Lembre-se que aquilo que é diversão entre familiares e amigos íntimos, pode tornar-se alvo de chacota ou discriminação para outras pessoas; no ambiente de trabalho, as consequências podem ser sérias.

:: A rede social pode ser utilizada no trabalho?
A relação com colegas de trabalho, ou até mesmo a utilização da rede social para a sua promoção profissional é bem-vinda, e pode ser compensatória. Para assuntos profissionais e de carreira dê preferência ao Linkedin.

:: Que cuidados específicos as mulheres devem ter enquanto mantêm relacionamentos nas redes sociais?
No momento em que se busca uma relação virtual, é preciso ter cuidado com as pessoas que entram na internet com a intenção de enganar ou tirar proveito. São normalmente indivíduos hábeis em utilizar a chamada engenharia social – que, em segurança da informação, é a arte de enganar e mentir para obter informação sigilosa e privilegiada. O primeiro passo, portanto, é dificultar esse trabalho. Para isso, é importante restringir ao máximo o acesso os dados pessoais e ter cuidado com as informações que seus amigos divulgam. Quando adicionar um novo amigo, tenha cuidado ao revelar informações familiares, telefones e endereços, local de trabalho, cidade onde mora. Dê o tempo necessário para que você conheça com mais solidez a pessoa para então ir aumentando o nível de confiança. Normalmente, quando a intenção é tirar proveito ou enganar, o “pretendente” desiste quando começam a surgir dificuldades para agir, pois é mais fácil ir atrás de uma nova vítima, mais frágil. Desconfie de um desconhecido que utiliza uma maneira de escrever muito semelhante à sua ou que gosta das mesmas coisas que você. Quando um desconhecido surge com muitos amigos em comum, acenda o sinal amarelo e verifique se as amizades comuns dele não são recentes. O enganador muitas vezes escolhe não uma pessoa, mas um grupo de amigos e infiltra-se aos poucos, para, então, definir neste grupo a sua vítima.

:: Como controlar a atuação dos filhos na rede?
Essa é uma tarefa árdua, sem dúvida, principalmente pelo fato de que a linha que separa o controle da invasão de privacidade é muito tênue. Existem nos navegadores modernos recursos de controle (parental control), com os quais podemos escolher o conteúdo que é liberado ou não. Mas veja, o controle só poderá ser feito se tivermos também, controle total sobre o computador em questão, pois é necessário administrar o sistema. Com equipamento individual, porém, principalmente se for móvel (notebook, netbook, smartphone com acesso à internet), o controle é praticamente impossível de ser feito. Dessa forma, o que é realmente eficiente é educação, exemplo e diálogo aberto e próximo com os filhos.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna