Dado Dolabella perde recurso e terá que pagar indenização a camareira

Mulher teria sido empurrada durante briga do ator com a então namorada, Luana Piovani

Foto: AgNews

Depois de ter o último recurso cabível negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), Dado Dolabella terá de pagar indenização a uma camareira. Esmeralda de Souza Honório teria sido empurrada pelo ator durante uma briga dele com a então namorada, Luana Piovani, em uma boate no Rio de Janeiro. O incidente ocorreu em 23 de outubro de 2008.

Veja mais:
>> Jornal divulga vídeo de briga entre Dado Dolabella e Luana Piovani

Dado estaria tentando recorrer da decisão, que o obriga a pagar R$ 40 mil, com correção monetária, à mulher, segundo informações do colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.


Relembre o caso

Dado e Luana estavam em uma boate na Gávea quando começaram a discutir. Camareira da atriz, Esmeralda tentou intervir e teria sido empurrada pelo ator.

À época, o caso ganhou ainda mais repercussão quando Luane deu queixa contra o já ex na delegacia da mulher. Ela também testemunhou no processo da camareira contra Dado. No ano seguinte, o ator chegou a ser preso por um dia após desrespeitar uma determinação do I Juizado de Violância Doméstica do Rio, que o obrigava a ficar, no mínimo, a 250m de distância de Luane, além de não poder fazer qualquer tipo de comunicação com a atriz.

 

 

 

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna