Depilação: encarar a cera quente no inverno tem lá suas vantagens

Depilar é preciso, faça calor ou faça frio, então confira algumas dicas

Observe a higiene do local e prefira espátulas de alumínio
Observe a higiene do local e prefira espátulas de alumínio Foto: Diego Redel

Mesmo sem mostrar muito o corpo no inverno, não dá para fugir da depilação. Tire
proveito da estação, que traz vantagens para quem quer eliminar os pelos pela raiz.
A depilação mais indicada nesta época do ano é com cera quente. Isso porque o calor ajuda a abrir os poros da pele, que ficam ainda mais fechados com o frio.

– Isso facilita a remoção dos pelos, sem que a pessoa sinta tanta dor, e evita a quebra deles – explica Nicolle Araújo, sócia da casa de depilação Depyl Action, em Florianópolis.

A cera deve estar a uma temperatura entre 37ºC e 40ºC. É importante evitar receitas caseiras, como as que colocam limão, que podem manchar a pele. Cera
com parafina também não deve ser usada. Apesar de a procura pela depilação diminuir
no inverno, a estação é boa para evitar o aparecimento de manchas.

A retirada com cera exige alguns cuidados, que são mais fáceis de serem seguidos no frio. Para um resultado melhor, Nicolle observa que a esfoliação continua sendo essencial, e a hidratação precisa ser redobrada, para a pele não descamar nas partes mais ressecadas. O único alerta é para quem faz algum tratamento de pele que utilizem ácido, como o peeling, comuns no inverno.

Outros tipos de depilação, como a feita com cera fria e com os cremes depilatórios, não são recomendados. De acordo com Nicolle, os cremes possuem substâncias
químicas que agem na queratina, enquanto a cera fria causa mais dor e pode
quebrar os pelos.

Cuidados na hora H

:: Não se exponha ao sol 24 horas antes, nem 24 horas depois. No caso de homens,
este período precisa ser estendido para 48 horas 

:: Antes de depilar axila e buço é preciso limpar o local com álcool em gel

: Não passe desodorante 24 horas depois de depilar as axilas. Isso pode entupir os
poros e manchar a pele

:: Depois da depilação, homens não devem praticar atividades físicas em que
transpirem muito. Isso ajuda a evitar a foliculite

:: Fique atento se o local de depilação que você frequenta utiliza material descartável

Solução sem dor e definitiva

Se a ideia é eliminar de vez os pelos, vá de depilação a laser. O método deve ser feito nessa época do ano, já que o sol precisa ser evitado depois de cada sessão. A fisioterapeuta do Centro de Estética Arlete, em Florianópolis, Verônica Skirving , recomenda que quem optar pelo laser deve começar já. Isso porque, geralmente,
são seis sessões, uma por mês.

– O tratamento acabaria em dezembro, quando as pessoas começam a ir para
a praia – afirma ela.

Além disso, para iniciar essa depilação, a pele não pode estar bronzeada, senão
corre o risco de ficar manchada.

Leia mais
Comente

Hot no Donna