Depressão durante a gravidez pode afetar peso do bebê

Estudo levou em conta os dados de 40 mil mulheres

Tanise e a pequena Sofia durante visita à família na Capital esta semana
Tanise e a pequena Sofia durante visita à família na Capital esta semana Foto: Diego Vara

A depressão durante a gravidez aumenta o risco de parto prematuro e de dar à luz um bebê com baixo peso, ou seja, com menos de 2,5 quilos. Isso é o que mostra uma metanálise conduzida por várias instituições americanas, publicada no Archives of General Psychiatry na semana passada.

Para chegar ao resultado, os pesquisadores avaliaram 29 trabalhos de 13 países, incluindo o Brasil, que somam dados de 40 mil mulheres gestantes. A depressão na gravidez foi ligada a um aumento de quase 20% no risco de baixo peso ao nascer.

Conforme o relatório, o aumento da probabilidade de parto prematuro também foi significativo. Os cientistas ressaltam que os efeitos da depressão sobre o bebê variam em função do grau do problema. De acordo com eles, a depressão não foi associada a uma restrição do crescimento do feto no útero.

Leia mais
Comente

Hot no Donna