Depressão nas mães também pode ocorrer antes do nascimento do bebê

A mulher grávida passa por muitas alterações durante todo esse período e a própria gestação pode desencadear diversos transtornos

Pesquisadores afirmam que a depressão chamada "pós-parto" não acontece necessariamente após o nascimento do bebê
Pesquisadores afirmam que a depressão chamada "pós-parto" não acontece necessariamente após o nascimento do bebê Foto: Adriana Franciosi

Muito já se falou sobre a depressão pós-parto, uma doença acomete a mulher após o nascimento do bebê. No entanto, uma recente pesquisa realizada no Reino Unido relacionou os sentimentos depressivos antes do nascimento e constatou que as futuras mamães que já viveram em algum período da vida situações como aborto espontâneo, ou mesmo uma gestação malsucedida, tendem a correr um risco maior de depressão durante a gravidez.

A mulher grávida passa por muitas alterações durante todo esse período e a própria gestação pode desencadear diversos transtornos em mulheres na faixa de risco para certas condições de saúde mental. Por isso, os pesquisadores afirmam que a depressão chamada “pós-parto” não acontece necessariamente logo após o nascimento do bebê.

? É importante destacar que a mulher grávida passa por muitas alterações emocionais durante todo o seu período de gestação. Sentimentos variados, como alegria, medo e insegurança, fazem parte da vida emocional da gestante ? explica a psicóloga Denise Marcon.

No Reino Unido, por exemplo, este tipo de depressão atinge uma em cada dez mulheres. A boa notícia é que esse mal pode ser controlado com o auxílio de psicólogos e psiquiatras. Para isso, é preciso que a gestante ou os familiares identifiquem o problema e busquem ajuda.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna