Destruir imagem diante de filho terá punição

Ato pode provocar consequências graves na criança

Pontos turísticos de Nova Yorks serão mostrados por famosos
Pontos turísticos de Nova Yorks serão mostrados por famosos Foto: Peter Morgan, AP

A prática de pai ou mãe desconstruir a imagem um do outro para o filho de forma sistemática, fazendo com que a criança passe a odiar o outro, pode ter como punição a perda da guarda e até a suspensão da autoridade parental.

A medida está em projeto de lei aprovado ontem em comissão da Câmara dos Deputados. O texto, aprovado na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara, será encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça e, depois, tramitará no Senado. Se for aprovado, segue ainda para sanção do presidente da República.

Briga dos pais pode gerar depressão nos filhos

Conhecido como alienação parental, esse ato ocorre principalmente nos casos de separação e pode ter consequências graves para a criança. Além de afastá-la de parte da família, a alienação causa depressão, dificuldade no aprendizado, sentimento de rejeição e pode levar até ao suicídio, diz Sandra Baccara Araújo, psicóloga e professora da universidade UniCeub (Brasília).

O projeto foi apresentado pelo deputado Regis Oliveira (PSC-SP) e feito em colaboração com pais separados que passaram por essa situação.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna