Dicas para cuidar de maneira eficiente das roupinhas dos bebês

A mesma atenção dedicada a roupas finas deve ser dada às peças infantis

Observe as indicações da etiqueta antes de lavar
Observe as indicações da etiqueta antes de lavar Foto: Stock Photos

Roupas de bebê precisam de cuidados especiais na hora de lavar e conservar. Por serem mais atingidas por sujidades de diversos tipos e necessitarem de lavagens freqüentes, merecem atenção redobrada.

Abaixo, veja as recomendações importantes para as mamães que querem manter a roupa de seus filhos sempre em ordem:

:: Sejam as roupinhas do bebê brancas ou coloridas, elas precisam ser lavadas sempre com detergente específico para roupas delicadas. Dissolva bem o produto em água antes de colocá-los em contato com as peças.

:: O enxágüe deve ser feito com bastante água para que sejam retirados todos os resíduos e excesso de detergente que podem estragar as peças e provocar leves coceiras e vermelhidão nos bebês.

:: Não tente remover manchas com alvejantes que tenham cloro ou água sanitária. Estes produtos podem trazer mais manchas e desgastar as fibras dos tecidos, além de poderem provocar alergias no bebê.

:: Prefira alvejantes à base de peróxido, que podem ser usados até em tecidos coloridos, desde que diluídos em água quente a 60ºC. Após o tecido já ter sido lavado com água fria, deixe a peça de molho numa mistura de água quente, detergente neutro e alvejante a base de peróxido por cerca de 15 minutos. Enxágüe bem e não esqueça do amaciante no final do processo.

:: Os amaciantes podem e devem ser utilizados em todos os tecidos, por terem múltiplas funções: desembaraçar e realinhar as fibras do tecido, deixando-o mais macio e com tato sedoso; remover mais rapidamente a água de dentro da fibra; facilitar o passamento e criar uma película protetora nas fibras, dificultando a entrada de sujidades. A quantidade do produto indicada no rótulo também deve ser respeitada. Já o aroma é só um diferencial de cada marca.

:: Na hora de guardar as roupinhas de bebê por muito tempo, envolva-as bem limpas e secas em sacos de TNT para protegê-las do pó e dos raios de luz. Sacos plásticos devem ser evitados por não permitirem que a roupa “respire”, o que resulta em manchas e mofo;

::- É comum passar perfumes nas roupinhas do bebê, mas desaconselhável: as substâncias presentes nestes produtos costumam manchar e até prejudicar os tecidos;

::- A camurça tem aparecido com frequência nas peças infantis. Cuidar dela não é fácil, ainda mais que os bebês costumam sujar bastante suas roupinhas. Não tente lavar peças de camurça ou com detalhes em couro em casa, porque elas perderão a durabilidade e a beleza. O ideal é apostar na limpeza especializada das lavanderias, que permitem o manuseio correto da peça.

::- Atenção também aos itens que estão em contato com o bebê, como travesseiros, almofadas, cobertores, edredons, lençóis, cortinas e tapetes: todas elas podem acumular sujeira, poeira e ácaro, sendo grandes causadoras de alergias. O ideal é lavá-las com frequência, mesmo que, aparentemente, elas não pareçam sujas.

Fonte: Ricardo Monteiro, gerente operacional da Quality Lavanderia

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna