Dicas para encarar a gravidez no verão

Alguns cuidados extras são necessários para evitar complicações no calor

Calor acentua desconfortos típicos da gravidez, como pressão baixa e inchaço
Calor acentua desconfortos típicos da gravidez, como pressão baixa e inchaço Foto: Adriana Franciosi

Compartilhar

Com a chegada do verão e as frequentes exposições a praias e piscinas, são necessários cuidados específicos para a saúde do corpo feminino – especialmente em relação a uma higiene íntima adequada.

As mulheres grávidas estão ainda mais expostas. No verão, a transpiração vaginal aumenta seu fluxo, fazendo com que os lactobacilos da flora vaginal (que produzem os ácidos naturais da região) trabalhem mais rápido para manter seu equilíbrio. Como a temperatura corpórea das gestantes eleva-se naturalmente, o cuidado deve ser redobrado.

Além disso, a mulher sofre diversas outras modificações físicas na gravidez: aumento de peso, inchaço das pernas e queda da pressão arterial. Todos estes efeitos colaterais são intensificados com o calor, o que causa desconforto para a maioria das grávidas. Em relação à pele, o verão provoca micoses, acnes e assaduras; manchas na pele também são comuns em gestantes, por isso é necessário sempre utilizar protetores adequados quando houver exposição ao sol.

A ginecologista e obstetra Denise Coimbra aconselha:

– A higienização íntima da mulher grávida deve ser feita apenas com água e sabonetes neutros, depois dos banhos de mar e piscina e após urinar e evacuar, preservando assim o local de infecções. No verão também é comum o aumento da incidência de corrimento, que deve ser tratado com a orientação de um profissional.

Leia mais
Comente

Hot no Donna