Dieta ideal contra obesidade é rica em proteínas, aponta pesquisa

Nutricionista alerta que dietas devem ser personalizadas para suprir as necessidades de cada um

Com a dieta dos pesquisadores, não foi preciso contar calorias e fazer restrição de quantidade
Com a dieta dos pesquisadores, não foi preciso contar calorias e fazer restrição de quantidade Foto: Stock Photos

Pesquisadores dinamarqueses anunciaram ter criado a dieta ideal para evitar a obesidade. O estudo, realizado em oito países, apontou que uma rotina alimentar que envolva produtos ricos em proteínas e pobres em gorduras animais e glicídios é a mais eficaz para o controle do peso.

Os pesquisadores selecionaram em 772 famílias pais com excesso de peso e obesos, chegando a um total de 938 adultos. As 827 crianças destas famílias, muitas com excesso de peso, também participaram do estudo.

A dieta compreende, por exemplo, carne branca, laticínios com pouca gordura, vagens como fonte de fibras e menos pão e arroz branco, que são ricos em glicídios. Com a dieta ideal, não foi preciso contar calorias e os participantes puderam comer sem restrição de quantidade, destaca a pesquisa.

Os adultos foram submetidos no início do estudo a um regime de 800 calorias diárias durante oito semanas, período no qual perderam 11 quilos em média. Em seguida, foram sorteados para cumprir cinco dietas distintas, todas pobres em gordura animal, durante seis meses, para determinar a mais eficaz contra o ganho de peso. A mais rica em proteínas e mais pobre em glicídios foi a mais eficaz.

Não existe dieta ideal

Segundo a nutricionista do Centro de Obesidade e Síndrome Metabólica do Hospital São Lucas, Fernanda Guidi Colossi, a determinação não é muito diferente de outras dietas científicas como a de South Beach e do Mediterrâneo e precisa ser vista com cautela.

? Uma dieta rica em proteínas não é recomendada para pessoas que sofrem de problemas nos rins ou hipertensão, por exemplo. Por isso, toda dieta deve ser personalizada, levando em consideração as atividades físicas da pessoa e o seu biotipo ? afirma a nutricionista.

Fernanda explica que a proteína é eficaz para o controle do peso pois acelera o metabolismo e ajuda a desenvolver massa muscular. A redução de carboidratos refinados (brancos), é essencial para quem quer perder peso ou evitar o ganho. Em compensação, são essenciais para o funcionamento do organismo, por isso, não devem ser ignorados.

Ela recomenda a substituição por carboidratos integrais, principalmente para pessoas com diabetes. As fibras do integral promovem uma liberação lenta da glicose para o sangue, evitando o aumento e a necessidade da produção de insulina.

Além disso, somente uma avaliação médica pode identificar outras doenças que geralmente estão atreladas à obesidade. A presença de algumas dessas doenças, também vai definir o tipo de dieta que o indivíduo deve seguir.

Leia mais
Comente

Hot no Donna