Dieta para gestantes pode prevenir problemas ósseos dos filhos

Confira dicas para aumentar a ingestão de alimentos ricos em ferro e cálcio durante a gravidez

Diferença entre os tipos A, B e C está na quantidade de bactérias
Diferença entre os tipos A, B e C está na quantidade de bactérias Foto: Stock Photos, Divulgação

Compartilhar

Uma pesquisa da Universidade de Southampton, do Reino Unido, revelou que a dieta da gestante pode garantir a saúde futura dos ossos da garotada, evitando, inclusive, que elas venham a desenvolver problemas como a osteoporose.

Os pesquisadores chegaram ao resultado após a avaliação dos ossos de crianças de nove anos que indicou que as mães que aderiram a uma dieta mais saudável tinham filhos com ossos maiores e mais densos.

Segundo a nutricionista do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), Alessandra Pereira, na gestação a mulher tem um aumento nas suas necessidades alimentares, que varia de acordo com o seu estado nutricional antes da gestação. Preste atenção nas dicas:

::: Consuma alimentos ricos em ferro e cálcio, pois eles têm papéis muito importantes para você e para o bebê.

::: Vegetais verde-escuros, beterraba e leguminosas assim como alimentos ricos em vitamina C como laranja, goiaba, caju e acerola são boas fontes de ferro.

::: Para suprir a necessidade diária de cálcio, basta que você beba três copos de leite ou iogurte ao dia.

::: Alimentos ricos em gordura trans e saturadas como biscoitos, sorvetes e balas, devem ser evitados.

::: Evite o consumo excessivo de alimentos ricos em proteína (carnes em geral), porque prejudicam a absorção do cálcio.

::: Alimentos ricos em sódio (sal, temperos prontos, embutidos, enlatados) contribuem para o aumento da pressão e para a formação de edemas.

Leia mais
Comente

Hot no Donna