Dietas emergenciais são as principais vilãs do efeito sanfona

Consumir poucas calorias obriga o organismo a utilizar outras fontes de energia para poder manter funções vitais

Nutrólogo afirma que principal erro dessas dietas é excluir da rotina alimentar grupos alimentares importantes
Nutrólogo afirma que principal erro dessas dietas é excluir da rotina alimentar grupos alimentares importantes Foto: STOCK PHOTOS, DIVULGA

Dieta da banana, dos carboidratos, do limão, da lua, da sopa, disso ou daquilo. São tantas receitas diferentes que prometem resultados milagrosos em pouco tempo que não é possível quantificá-las. Segundo o nutrólogo Maximo Asinelli, elas são chamadas de dietas emergenciais, os seja, são programas alimentares com baixas calorias e que restringem determinados alimentos e grupos alimentares.

? Geralmente elas duram apenas alguns dias e não devem ser prolongadas por mais tempo devido à baixa quantidade de calorias que devem ser ingeridas ? explica.

O especialista revela que uma das principais desvantagens desse tipo de dieta é o efeito sanfona. Ele é inevitável já que ninguém consegue manter uma alimentação restritiva por muito tempo.

? Por isso a maioria das pessoas que recorrem a este tipo de dieta para emagrecer recupera o peso perdido rapidamente. É bom lembrar que o efeito sanfona prejudica muito o organismo, pois compromete o sistema imunológico, deixando o corpo mais suscetível a infecções ? esclarece o nutrólogo.

Segundo Asinelli, ao restringir muitos alimentos e consumir poucas calorias este tipo de dieta obriga o organismo a utilizar outras fontes de energia para poder manter ativas as suas funções vitais, como as gorduras acumuladas.

? Por isso, se uma dieta emergencial for seguida a risca ela realmente vai auxiliar na perda de peso, mas por outro lado prejudica o organismo e não traz benefícios a longo prazo ? alerta o médico.

Fazer uma mudança radical nos hábitos alimentares de uma hora para outra não é saudável. Restringir alimentos faz com que a quantidade e a qualidade dos nutrientes fornecidos não seja o suficiente para a manutenção do organismo.

? Nenhum grupo alimentar deve ser abolido do cardápio, seja ele carboidratos, gorduras ou proteínas. Todos eles juntos são fundamentais para a manutenção do organismo ? ressalta.

Quem quer emagrecer com saúde deve procurar um especialista e fazer uma reeducação alimentar.

? Ao aprender a se alimentar bem, o indivíduo emagrece sem passar fome e ainda fortalece o sistema imunológico. Com força de vontade e disciplina, os resultados são mantidos por longos prazos, desde que não haja exageros. Praticar exercícios físicos e beber bastante água também é essencial”, acrescenta.

Leia mais
Comente

Hot no Donna