Divórcio é obstáculo para pacientes com câncer

Larissa e outras oito misses latinas se destacam entre as 84 candidatas a Miss Universo
Larissa e outras oito misses latinas se destacam entre as 84 candidatas a Miss Universo Foto: Richard D. Salyer, EFE

Pacientes com câncer que se separam na época do diagnóstico da doença têm taxas de sobrevivência piores do que pacientes que nunca se casaram, são viúvos ou divorciados. A conclusão é de um estudo americano publicado na revista Cancer.

Os pesquisadores avaliaram índices de sobrevivência em cinco e 10 anos de mais de 3 milhões de pacientes com câncer entre 1974 e 2004. As taxas de sobrevivência de quem nunca se casou eram de 57% e 52% em cinco e 10 anos. Os separados tiveram taxas de 45% e 37%.

Leia mais
Comente

Hot no Donna