É preciso trocar a marca de antitranspirante regularmente?

Dermatologista diz que o corpo pode se adaptar a uma determinada fórmula

Foto: Adriana Franciosi

O corpo se acostuma com o antitranspirante e depois de algum tempo seu efeito é minimizado: mito ou verdade? Segundo a dermatologista americana Heather Woolery-Lloyd, pode ser verdade.

– Os antitranspirantes contém elementos que bloqueiam o duto do suor. Como algumas pessoas reclamam que seus desodorantes param de funcionar depois de algum tempo a explicação da ciência é que o corpo se adapta àquela fórmula e encontra meios de anulá-la.

Outra possibilidade para o desodorante deixar de ser efetivo é uma espécie de rebelião do corpo,que passa a produzir mais suor para para tentar liberar os canais bloqueados pelo antitranspirante. Isso faz com que fique a impressão de que o produto não funciona.

Para quem sofre com transpiração excessiva a dermatologista sugere aplicar o produto à noite, quando o corpo não está produzindo suor, e reaplicar pela manhã.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna