Empresa oferece amigos de aluguel para solitários

Serviço se expande para diversos países, inclusive o Brasil

Mesmo com todas as salas de chat e sites de relacionamento, a falta de interação física às vezes torna a internet um lugar muito solitário. Mas não se preocupe: é possível usar a web não só para comprar um DVD, como também para alugar o amigo com quem você assistirá ao filme.

Mural – Em que circunstância você alugaria um amigo?

A empresa Rent a Friend (Alugue um Amigo, em português), que já oferece seus serviços nos Estados Unidos e no Canadá, chegou esta semana à Grã-Bretanha para ajudar os britânicos a lidar com seu tradicional jeito reservado. Ao contrário dos sites de namoro, que oferecem de um relacionamento de longa data a encontros casuais, Rent a Friend diz que seus serviços são “estritamente platônicos”, deixando claro que não se trata de uma agência de garotas de programa.

“Você pode alugar um amigo para ir ao cinema ou a um restaurante, alguém para acompanhá-lo em uma festa ou evento, alguém para ensiná-lo uma nova habilidade ou hobby, ou alguém para guiá-lo em uma cidade desconhecida”, explica o site americano da empresa. Também sugere que o cliente use o amigo para “motivá-lo durante exercícios físicos”. Atividades comuns para as quais as pessoas têm alugado amigos incluem festas e aulas de etiqueta.

Clientes pagam até US$ 25 (R$ 44) por mês para ter acesso a um banco de dados com mais de 200 mil “amigos”. Todos têm perfis e fotografias para permitir que os interessados encontrem a pessoa ideal para a ocasião desejada. Depois de escolher o amigo, é hora de negociar o pagamento, com valores a partir de US$ 10 (R$ 18) por hora. O fundador do Rent a Friend, Scott Rosenbaum, que vive em New Jersey (EUA), conta que começou o negócio porque, mesmo com tantos sites oferecendo uma grande variedade de serviços de acompanhantes, ainda havia esse nicho inexplorado do mercado.

– Quis dar um passo atrás. Ninguém estava oferecendo amizade – explicou Rosenbaum ao jornal The New York Times.

Agências que oferecem serviços similares já são populares no Japão. No Brasil, o serviço existe desde 2007, e a hora de companhia custa, em média, R$ 300. Em uma busca rápida na internet é possível encontrar diversos anúncios de “personal friend” até em Porto Alegre.

O ex-presidente americano George Washington certa vez disse: “Amizade verdadeira é uma planta que cresce lentamente” – mas isso foi antes da invenção da internet. Se amizade real pode ser obtida agora com um clique de mouse, ainda não se sabe.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna