Empresária convoca mulheres a participar de estudo sobre “plus size”

Objetivo é conhecer o corpo das brasileiras e propor mudança no mercado de roupas

Tara Lynn, modelo tamanho 46, em ensaio na Elle francesa
Tara Lynn, modelo tamanho 46, em ensaio na Elle francesa Foto: Elle, Divulgação

As modelos plus size estão em alta no mercado da moda pela primeira vez. Além de já terem aparecido nas revistas Elle francesa e em um recente ensaio da V Mag, até desfiles de moda atualmente contam com sua porção GG, colocando mulheres acima do peso “normal” a desfilar na passarela.

No Brasil, a movimento pró-plus size ainda é tímida, mas está aumentando com a criação de blogs e sites dedicados a falar sobre o assunto e chamando aos poucos a atenção da mídia. Tampouco o mercado nacional da moda se decida ao assunto, já que as roupas oferecidas em lojas não padronizam tamanhos e pouca inovação oferecem às brasileiras.

A empresária Beth Viveiros – 1,78m de altura e 94kg – criou uma pesquisa online para descobrir as reais medidas dos corpos das brasileiras. Um dos objetivos é indicar soluções de modelagem para o mercado.

Por enquanto, Beth já sabe quais são as mais frequentes queixas das brasileiras:

:: camisas de tamanhos grandes com botões apertados
:: vestidos de malha que não valorizam o corpo
:: calças jeans de modelagem pouco adequada para os tamanhos plus size

Quer participar da pesquisa? Clique aqui.

Com informações da Criativa Online.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna