Escovas definitivas usadas no Exterior para alisar os cabelos podem causar câncer

Tratamento novo nos Estados Unidos usa o nome do Brasil para divulgação

Desde 1999, Galliano dirige todas as linhas femininas da Dior
Desde 1999, Galliano dirige todas as linhas femininas da Dior Foto: AFP

As escovas “definitivas” chegaram ao exterior fazendo estragos. Nos Estados Unidos, um tratamento chamado Brazilian Blowout, que alisa os cabelos durante meses, pode ter uma química que causa câncer, segundo reportagem do jornal Daily Mail.

Com altas doses de formaldeído, substância classificada como cancerígena pela Agência de Proteção Ambiental americana, o tratamento fez vítimas entre os profissionais dos salões de beleza, que reclamaram de tosse. Já as clientes ficavam com olhos vermelhos.

As autoridades canadenses publicaram um alerta sobre possíveis riscos à saúde, enquanto o FDA, departamento que fiscaliza remédios e alimentos nos EUA, está investigando a formulação do produto.

Na Califórnia, o procurador-geral moveu uma ação alegando que o produto tem altos níveis de formaldeído e nenhum aviso sobre isso.

Por causa dos riscos, alguns salões americanos deixaram de fazer o Brazilian Blowout.

Leia mais
Comente

Hot no Donna