Espanhois poderão dispensar a predominância do sobrenome do pai

Até então, o sobrenome do pai sempre aparecia diante do da mãe

Além de oferecer às crianças, pais devem consumir alimentos saudáveis
Além de oferecer às crianças, pais devem consumir alimentos saudáveis Foto: Carlos Edler

O sobrenome dos espanhois, que obrigatoriamente é o do pai, já não será de uso obrigatório, segundo um projeto de lei debatido no parlamento.

A reforma prevê que os pais poderão escolher a ordem do sobrenome que darão ao filho e, em caso de desacordo, colocar o sobrenomes do pai e o da mãe em ordem alfabética.

Quando chegar à maioridade, o filho escolherá definitivamente a ordem dos sobrenomes, segundo o procedimento.

Até então, o sobrenome do pai sempre aparecia diante do da mãe entre as famílias espanholas.

Segundo a imprensa espanhola, a norma levará uns dois anos para entrar em vigor devido à complexidade da reforma do Estado civil e do processo legislativo.

Leia mais
Comente

Hot no Donna