Especialista dá 10 dicas para abandonar o sedentarismo com segurança

Check-up antes de iniciar um exercício físico é essencial para quem sofre de algumas doenças

Para exigir um desempenho melhor do corpo é necessário checar sua condição física
Para exigir um desempenho melhor do corpo é necessário checar sua condição física Foto: Fabrizio Motta

Abandonar o sedentarismo e entrar em forma é uma das resoluções mais populares no início do ano. Quanto mais as pessoas tomam conhecimento dos riscos que a falta de exercícios representa para a saúde – com destaque para as doenças do coração -, mais desejam mudar a situação. Muitos se esquecem, entretanto, que para exigir um desempenho melhor do corpo é necessário checar sua condição física.

De acordo com o coordenador do Programa de Check-up CDB, do Centro de Diagnósticos Brasil (São Paulo), Rafael Ayoub, nem todo mundo precisa procurar um médico antes de se matricular numa academia ou entrar para um time. Mas algumas situações exigem cuidados prévios.

? Quem já foi diagnosticado com cardiopatias, hipertensão, problemas respiratórios, diabetes ou está em recuperação por conta de alguma lesão ou cirurgia jamais deve dar início a um programa de exercícios físicos sem avaliação e liberação prévia ? diz o médico.

Ayoub também chama atenção para os cuidados que sedentários, gestantes e pessoas com mais de 65 devem tomar.

? É importante consultar um médico de sua confiança antes de iniciar a prática de quaisquer exercícios. Somente depois de uma avaliação clínica e de alguns exames é que o paciente será liberado para determinados tipos de esporte – desde que não sobrecarreguem nem apresentem risco qualquer para sua saúde. De modo geral, homens e mulheres com mais de 50 anos deveriam passar por uma avaliação detalhada antes de dar adeus ao sedentarismo.

Há modalidades de check-up diferentes para cada perfil de atleta, partindo do sedentário, que deseja iniciar um programa de exercícios, até esportistas profissionais, que precisam melhorar o desempenho físico sem comprometer a saúde.

Seja qual for o seu perfil atlético, segundo Ayoub, é sempre bom ter em mente 10 pontos principais:

:: Independentemente do seu peso, idade ou condição médica, os exercícios são sempre importantes para reduzir a porcentagem de gordura corporal, manter ossos fortes – evitando a osteoporose – e preservar a integridade do sistema cardiovascular

:: A prática de exercícios pode reduzir pressões arteriais elevadas, taxas de colesterol ruim (LDL e VLDL) e glicemia, assim como elevar a taxa de colesterol bom (HDL)

:: O check-up pode inclusive identificar disfunções em pessoas jovens, como arritmias e outras cardiopatias congênitas

:: Somente um profissional de saúde está apto a indicar o tipo de exercício físico mais adequado para cada pessoa. No caso de pessoas obesas, que correm mais riscos de sofrer lesões musculares e articulares, por exemplo, o médico poderá recomendar esportes como natação e caminhadas

:: Mesmo quem está liberado para a prática de exercícios intensos deve estar bem atento às lesões por esforços repetitivos. Procure dar ao corpo o tempo necessário de recuperação antes de voltar a treinar

:: Relate a seu médico se você está inativo por um longo período, se é fumante ou tem problemas respiratórios, se é hipertenso ou diabético, se sente dores no peito ou muito cansaço ao fazer esforços, se tem artrite ou histórico familiar de cardiopatias. Enfim, relate tudo o que julgar importante a respeito de sua condição física durante sua avaliação anterior ao início da academia

:: Mesmo que o tempo para se exercitar seja curto, não dispense o aquecimento e o alongamento inicial, bem como o alongamento final. São fases importantíssimas para o bem-estar do esportista e para alcançar melhores resultados

:: Procure não se exercitar logo depois de fazer as principais refeições do dia ou ainda se ingeriu muito álcool e tabaco

:: Procure variar suas atividades físicas conforme orientação médica, de modo a não sobrecarregar nenhum músculo ou região em particular

:: Beba muita água durante o dia.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna