Especialista dá dicas de como evitar as varizes

Diagnóstico tardio pode acarretar algumas complicações como manchas na pele e culminar com formação de úlceras varicosas

Foto: Emerson Souza

Muito comum em mulheres, as varizes são um verdadeiro pesadelo. As veias dilatadas, na maioria das vezes tortuosas, têm a sua função comprometida, já que não estão exercendo sua atividade normal de retorno venoso.

Seu diagnóstico tardio ou falta de tratamento adequado pode acarretar algumas complicações como manchas na pele – dermatite – e eczemas, flebites e, até em casos mais avançados, culminar com formação de úlceras varicosas de tratamento prolongado e, na maioria das vezes, doloroso, além do comprometimento acentuado da qualidade de vida.

A prevenção é a melhor arma contra a doença para quem tem histórico familiar ou permanece muito tempo em pé ou sentado. Consultar o médico , periodicamente, também pode ajudar a evitar o problema ou seu agravamento.

Confira abaixo algumas dicas e orientações do cirurgião vascular Ricardo Amaral Gurgel, do Hospital para a prevenção das varizes:

?Evite ficar sentado ou em pé parado por muito tempo na mesma posição. Se estiver sentado e não for possível sair, levantar alternadamente a ponta do pé e o calcanhar por alguns minutos estimula muito bem a circulação. Se vai a algum lugar perto? Vá a pé!

?Faça qualquer atividade física onde se mecha bastante as pernas, como caminhada, corrida, dança, subir escadas, etc. Mantenha essa prática regular e contínua

?Cuidado com o sobrepeso, é um fator de agravamento ou desencadeamento das varizes

?Mantenha uma alimentação saudável e pobre em gorduras

?Evite utilizar sapatos de salto muito altos. Sapatos com saltos moderados não são prejudiciais nem são causa de varizes

?Em casos mais acentuados de inchaço pode-se recorrer ao uso de meias elásticas, mas sempre sob orientação médica, pois inchaço tem outras causas que não varizes e há vários graus de compressão seu médico lhe orientará sobre o melhor para seu caso

?Faça uma visita ao seu cirurgião vascular se tiver inchaço, cãibras, dor ou peso em pernas. Siga as orientações de seu médico, porque só ele, após exame, pode indicar o melhor tratamento para você.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna