Especialista dá dicas sobre qual é o brinquedo adequado para cada faixa etária

Pais devem optar por presentes que ajudem no desenvolvimento global das crianças

Binquedos de encaixar e com peças grandes aguçam o raciocínio das crianças
Binquedos de encaixar e com peças grandes aguçam o raciocínio das crianças Foto: Mateus Bruxel

Com o Dia das Crianças chegando, sempre surge a dúvida sobre qual brinquedo é adequado para cada faixa etária. Para ajudar na escolha do presente, conversamos com a coordenadora do projeto Quem quer brincar?, da UFRGS, a pedagoga Tânia Ramos Fortuna. Ela dá dicas de brinquedos que ajudam no desenvolvimento global das crianças. Confira:

Zero a um ano e meio

A criança começa a desenvolver sua capacidade motora e sensorial. Ganha noções de tamanho, forma, textura e som. Atividades orais, tendo cuidado com o nível do ruído, são indicadas. Quando a criança tiver a capacidade de sentar, peças que se encaixem ajudam a desenvolver a habilidade de segurar objetos. Brinquedos de borracha tornam o banho mais divertido. É importante ter cuidado com o material (atóxico), tamanho e a rigidez dos brinquedos, para evitar que, se levados à boca, possam ser engolidos ou machuquem a gengiva do bebê.

Sugestões de brinquedos: chocalhos, patinhos de borracha (brinquedos que flutuam na água), blocos de montar com peças grandes.

De um ano e meio a três anos

A capacidade de segurar e manipular objetos se aprimora, no entanto segue a orientação com tamanho, material e rigidez dos brinquedos. É uma fase de interesse por imitações, que ajudam a compreender o mundo ao redor. São imitações de gestos e sons, como animais e veículos. Com brinquedos que simulam cozinhas, casas e fazendas, o bebê cria cenários e aprende o funcionamento desses espaços. Como nesse período a criança aprende a andar, bolas são diversão garantida. Brinquedos de puxar e empurrar dão noções de espaço, força e deslocamento.

Sugestões de brinquedos: torres de montar, utensílios de cozinha e casa, bonecos e bonecas, carrinhos de mão, carrinhos de boneca e bolas.

De três a seis anos

Irrequieto, curioso, andando por toda o casa, a criança precisa se movimentar. Brinquedos que desenvolvam senso de direção, espaço e força são importantes. Um triciclo ou brincadeiras em playgrounds, como piscina de bolinhas, ajudam. Os brinquedos de montar podem ficar mais complicados, assim como os jogos. As regras são aprendidas com mais facilidade. A criança gosta de bonecos de personagens que vê em livros e na TV. Fantasias ajudam a aguçar a imaginação, ponto importante nesta fase da vida.

Sugestão de brinquedos: fantasias, bonecos e bonecas, triciclos ou quadriciclos, quebra-cabeças, jogos de colorir.

Leia mais
Comente

Hot no Donna