Estado adere ao pacto contra violência contra as mulheres

Projeto visa aprofundar a implementação da Lei Maria da Penha

Hoje pode-se associar a retirada de gordura à reaplicação no paciente para obtenção de correções
Hoje pode-se associar a retirada de gordura à reaplicação no paciente para obtenção de correções Foto: Susi Padilha

Para combater uma das chagas brasileiras, o governo do Estado aderiu nessa terça-feira, dia 3 de maio, ao Pacto Nacional pelo Enfrentamento a Violência Contra as Mulheres.

O projeto tenta fortalecer o combate à exploração sexual, aprofundar a implementação da Lei Maria da Penha e estimular a autonomia econômica feminina. No evento, realizado em Canoas, o governador Tarso Genro considerou a iniciativa “uma quitação da dívida do Estado com as mulheres gaúchas”.

O projeto está em vigor no país desde 2007 e busca integrar os serviços nas áreas de saúde, segurança, educação, assistência social, cultura e justiça, e permitir às mulheres romperem com o ciclo da violência.

Leia mais
Comente

Hot no Donna