Estereótipo das sogras que infernizam noras é abraçado por Salomé em Morde & Assopra

Jandira Martini não deixa Natália, vivido pela atriz Carol Castro, em paz

Salomé, personagem de Jandira Martini, já deixou a nora Natália (Carol Castro), debaixo de água fria no meio do banho
Salomé, personagem de Jandira Martini, já deixou a nora Natália (Carol Castro), debaixo de água fria no meio do banho Foto: Alex Carvalho

Para infernizar a vida da nora, Natália (Carol Castro), a implicante Salomé, personagem de Jandira Martini em Morde & Assopra, é capaz de tudo na novela das sete. Além das humilhações constantes à mulher do filho, Marcos (Sergio Marone), a quem chama de “gastadeira”, a megera já deixou a moça debaixo de água fria no meio do banho e colocou sal no açucareiro para envergonhar a coitada.

? A Salomé representa uma personagem que está presente no imaginário popular, a sogra malvada. No caso dela, a situação piora porque ela também é avarenta. O Walcyr (Carrasco, autor) foi feliz unindo essas duas características para criar uma mulher forte e engraçada ? explica Jandira.

Parte da graça de Salomé se deve ao fato de ela fingir sofrer ataques do coração toda vez que o cerco se fecha. Isso para o público ? porque, para Natália, a mãe de seu marido só serve para tirar a sua paz.

? Ela tem um ciúme do filho e é mesquinha. Acho que a Natália ainda vai chorar, mas, em algum momento, ela deve explodir ? torce Carol Castro.

Já Jandira adianta que não haverá trégua nessa conturbada relação. Pelo menos não da parte de Salomé.

? Segundo o Walcyr, Natália ainda vai sofrer bastante nas mãos da sogra ? revela a atriz.

Apesar de estar se saindo bem no papel, esta é a primeira vez que Jandira interpreta alguém com esse perfil.

? Felizmente, não conheço ninguém assim. Porém, sempre ouvimos esse tipo de história, né? Foi o que me ajudou a entender a personagem ? afirma a artista, antes de completar: ? Não sou muito ligada em dinheiro nem costumo interferir na vida dos outros. Mas, enquanto “sou” a Salomé, procuro me colocar nas situações vividas por ela para que haja verdade até nas situações absurdas.

Em outra atração, Lara com Z, série que vai ao ar nas noites de quinta-feira pela Globo, Maria Beatriz, vivida pela atriz Beatriz Segall, é a avó pegajosa do personagem Olivier (Augusto Zacchi). No entanto, faz as vezes da sogra mala de Bárbara, vivida por Monique Alfradique. A menina, apaixonada pelo ricaço, precisa enfrentar a fúria da socialite para poder ficar com o amado.

? A Maria Beatriz usará golpes baixos para separá-los, como chantagens. Ela é aquele tipo de pessoa frustrada emocionalmente, que se incomoda com a felicidade alheia ? argumenta Monique.

De acordo com a própria a atriz, esse confronto está bem longe de terminar.

? Maria Beatriz fará Bárbara sofrer bastante. Porém, ela vai lutar por esse relacionamento até o fim.

:: Piores sogras da TV

? Branca ( Susana Vieira) Por Amor ( 1997)

Branca não economizava nas maldades com o genro, Nando (Eduardo Moscovis). Para afastá-lo da filha, Milena (Carolina Ferraz), ela foi capaz até de colocar drogas na mochila do rapaz para incriminá-lo.

? Janete ( Ângela Vieira) Terra Nostra (1999)

Com aversão a italianos, Janete não titubeou ao roubar o bebê de Giuliana (Ana Paula Arósio) e deixá-lo em um lar de caridade. Tudo para que o seu herdeiro, Marco Antônio (Marcello Antony), não ficasse ligado à imigrante.

? Dona Diva ( Neuza Borges) América ( 2005)

Acreditando que a namorada de Feitosa (Aílton Graça), a fogosa e fiel Islene (Paula Burlamaqui), traía o filho, dona Diva tanto fez que conseguiu separar os dois pombinhos na trama de Glória Perez.

Ofélia ( Nicette Bruno) Alma Gêmea ( 2005)

A ganância falava mais alto na casa de Divina (Maria Faro), a começar pela mãe dela, Ofélia, que maltratava o genro, Osvaldo (Fúlvio Stefanini), por ele ser um simples sapateiro.

? Dona Ramira ( Walderez de Barros) Ciranda de Pedra ( 2008)

A implicante dona Ramira vivia às turras com o marido da filha Alzira (Clarice Niskier), o cabeleireiro fofoqueiro seu Memé (José Rubens Chachá), principalmente quando ele fazia experimentos com tintas.

? Ingrid ( Natália do Vale) Viver a Vida ( 2009)

Preconceituosa, Ingrid lutou até o fim para que nenhum dos gêmeos Jorge e Miguel, interpretados por Mateus Solano, namorasse Luciana (Alinne Moraes) após a modelo ficar tetraplégica.

? Laksmi ( Laura Cardoso) Caminho das Índias ( 2009)

Amargurada pela vida, Laksmi (Laura Cardoso) não dava paz à nora, Indira (Eliane Giardini), que, por sua vez, descontava tudo na mulher do filho Amithab (Danton Mello), a malvada Surya (Cleo Pires).

Leia mais
Comente

Hot no Donna