Estudo aponta que obesidade está relacionada a 30% dos casos de câncer

Redução dos níveis de obesidade no país pode evitar 19% dos casos da doença

Com a dieta dos pesquisadores, não foi preciso contar calorias e fazer restrição de quantidade
Com a dieta dos pesquisadores, não foi preciso contar calorias e fazer restrição de quantidade Foto: Stock Photos

Segundo maior fator de risco evitável para o câncer, ficando atrás apenas do tabagismo, a obesidade está ligada ao desenvolvimento de 29% dos casos de câncer de útero nas mulheres e 20% dos tumores de esôfago entre os homens. Levantamento divulgado pela Sociedade Americana do Câncer diz que um terço das mortes por câncer são relacionadas a este distúrbio.

A obesidade está ligada ao desenvolvimento de diversos tipos de câncer. Publicação do Instituto Nacional do Câncer (Inca), órgão vinculado ao Ministério da Saúde, diz que a redução dos níveis de obesidade no país pode evitar 19% dos casos da doença.

? A obesidade é a grande epidemia do século XXI. A população brasileira infelizmente está seguindo a tendência internacional e está a cada dia mais gorda. Precisamos nos unir para combater a Obesidade, pois ela é fator de risco para o câncer e outras doenças, como hipertensão, diabetes e problemas cardiovasculares ? destaca o médica especialista em cirurgia da obesidade, Roberto Rizzi.

De acordo com o Inca, a prática de atividade física e uma alimentação saudável podem reduzir em 63% os tumores de boca, faringe e laringe. O controle da obesidade pode fazer com que o câncer de mama tenha sua incidência reduzida em 30%.

? Temos que repensar nossa alimentação, pois ela pode ser fator de proteção ou aumentar os riscos de desenvolvimento do câncer. Precisamos aumentar o consumo de frutas, fibras, verduras, legumes e peixes e deixar de lado alimentos ricos em açúcares e gorduras saturadas, como refrigerantes e alimentos industrializados ? sugere Rizzi.

Homem x Mulher

A obesidade interfere de forma diferente em homens e mulheres no desenvolvimento do câncer. Segundo o relatório Saúde Brasil, desenvolvido pelo Ministério da saúde, a obesidade responde por:

No sexo feminino

· 29% dos casos de câncer no útero.

· 26% dos casos de câncer de esôfago.

· 16% dos casos de câncer de rim.

· 14% dos casos de câncer de pâncreas.

· 14% dos casos de câncer de mama.

· 1% dos casos de câncer de colorretal (intestino grosso).

No sexo masculino

· 25% dos casos de câncer de pâncreas

· 20% dos casos de câncer de esôfago

· 10% dos casos de câncer de rim

· 8% dos casos de câncer de colorretal

Leia mais
Comente

Hot no Donna