Estudo recomenda cerveja depois de atividades esportivas

Bebida tem alto poder antioxidante e hidratante

Um estudo científico comprovou que consumir cerveja depois da prática de esportes é bom para o organismo. Segundo Joan Ramón Barbany, professor de Fisiologia do Exercício da Universidade de Barcelona, a cerveja é uma bebida eficaz devido à alta presença de elementos antioxidantes, que ajudam a reduzir dores musculares e a fadiga.

O estudo, chamado “Idoneidade da cerveja na dieta equilibrada dos esportistas”, foi apresentado em Alicante, no leste da Espanha, por ocasião dos Jogos Mundiais de Medicina e Saúde.

– A cerveja tem alta presença de elementos antioxidantes, derivados de sua origem vegetal, que combatem o surgimento de radicais livres – afirmou Barbany.

Ele lembrou ainda que a bebida contém minerais e carboidratos.

– Sua ingestão em doses moderadas por pessoas adultas pode desempenhar um papel na recuperação do metabolismo hormonal e imunológico dos esportistas após o exercício físico – explicou.

Para Manuel Castillo-Garzón, professor de Fisiologia Médica da Universidade de Granada, beber cerveja não tem nenhum aspecto desaconselhável como bebida para reidratação em comparação com a água.

O estudo contou com a participação de 16 pessoas que, separadas por um intervalo de três semanas, fizeram duas sessões de exercícios fortes por cerca de uma hora, em um ambiente de alta temperatura. O esforço fez com que os participantes perdessem de dois a três quilos, principalmente de água. Em uma das sessões, eles só poderiam beber água após os exercícios. Na outra, a cerveja entrou, acompanhada de toda a água que quisessem.

Para o médico especialista em Fisiologia do Esporte e ex-jogador profissional de basquete Juan Antonio Corbalán, “apesar do álcool” e com “um uso inteligente”, a cerveja é uma “bebida magnífica, compatível com o rendimento esportivo de qualquer disciplina”.

Leia mais
Comente

Hot no Donna