Estudos revelam que refrigerante diet não ajuda na dieta e pode trazer risco à saúde

Pesquisas associam a ingestão da bebida ao aumento da circunferência abdominal e das taxas de açúcar no sangue

Consumo diário de refrigerante diet provocou um aumento na circunferência abdominal dos participantes da pesquisa
Consumo diário de refrigerante diet provocou um aumento na circunferência abdominal dos participantes da pesquisa Foto: Divulgação

Dois novos estudos apresentados na última semana em uma conferência da Associação Americana de Diabetes associam a ingestão de refrigerantes diet ao aumento da circunferência abdominal e das taxas de açúcar no sangue, ou seja, a malefícios para a saúde.

No primeiro deles, realizado pelo Centro de Saúde da Universidade do Texas, 474 pessoas foram divididas em dois grupos: um com as pessoas que consumiam dois ou mais refrigerante diet por dia e outro com pessoas que não ingeriam esse tipo de bebida. Depois de 10 anos sendo acompanhadas, revelou-se que os participantes do primeiro grupo tiveram um aumento na circunferência abdominal 70% maior que os outros.

A segunda pesquisa, de acordo com o site My Health News Daily, mostrou que o aspartame, um adoçante utilizado em bebidas diet, aumentou os níveis de açúcar no sangue de camundongos propensos à diabetes.

? Os dados deste e de outros estudos semelhantes sugerem que a promoção dos refrigerantes diet e adoçantes artificiais como alternativa saudável pode ser mal aconselhada. Eles podem ser isentos de calorias, mas não das consequências ? disse a pesquisadora e professora de Medicina da Universiadade do Texas, Helen P. Hazuda.

Segundo os pesquisadores, a gordura abdominal é um fator de risco para a diabetes, doenças vasculares, câncer e outras condições crônicas.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna