Etiqueta a dois: o que fazer quando um ganha mais que o outro?

A colunista Celia Ribeiro comenta a saia justa que pode acontecer na hora de sair para jantar

Foto: reprodução

Mulheres bem de vida podem ter problemas quando namoram um homem sem o mesmo status financeiro. Lembro uma amiga que começou a se cansar, porque o namorado arranjava sempre um defeito nos restaurantes por ela sugeridos. Pior é que terminava indicando “o melhor bife de Porto Alegre”, que não correspondia à fama que ele atribuía, mas num local muito mais barato, tudo porque o namorado se sentia sem coragem de confessar que não podia acompanhar o ritmo de despesas dela, mesmo dividindo a conta como ela lhe propunha. Usava daqueles frágeis artifícios, acreditando contornar a situação, mas sua falta de franqueza acabou com a relação.

Um homem bem resolvido será claro. Ao iniciar o relacionamento com uma moça de maior poder aquisitivo, na medida em que forem surgindo dissonâncias, como não poder dividir a despesa de um hotel quatro estrelas na serra, que tal dizer a verdade? 

– Minha situação, de momento, não me permite. Se aceitares uma pousada mais simples, pago a minha parte e, em breve espero que possa me responsabilizar por nossa despesa.

Ela também precisa colaborar, investindo em programas que os dois desfrutem juntos, sem muita despesa. Cinema, caminhadas, ouvir música e participar de reuniões com amigos é uma dica. Se esporadicamente, faz questão de ir a determinado restaurante, sairá com amigas. Ou diz a ele que será seu convidado, pagando a conta discretamente. Não há homens que, por comodismo, dão o cartão do casal para a mulher fazer o pagamento?     

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna