Exercícios, descanso e alimentação adequada podem turbinar a memória

Quem tem problemas de memória deve, em primeiro lugar, mudar de comportamento e tentar se organizar melhor

Manter a memória ativa também é uma forma de turbiná-la
Manter a memória ativa também é uma forma de turbiná-la Foto: Divulgação

Esquecer é normal, mas lembrar também é. Se você anda com dificuldades de memorização, pode estar com problemas de estresse, cansaço ou  autoestima. Segundo o psicólogo Fernando Elias José, a quantidade de informações também pode dificultar na hora de guardar fatos na memória.

? Quanto mais estímulos se recebe, maior a dificuldade de memorizar algo e, hoje em dia, sabemos que somos todos muito estimulados e a exigência do cotidiano é bastante grande ? explica.

Quem tem problemas de memória deve, em primeiro lugar, mudar de comportamento e tentar se organizar melhor. Usar agenda para não esquecer dos  compromissos diários é um truque antigo que continua valendo. Manter a memória ativa com exercícios de lógica ou outros, como palavras cruzadas, também gera resultado.

A pausa para descanso durante uma atividade que exija raciocínio é outro fator fundamental. Se você não lembra dos últimos livros que leu, tente, da próxima vez, fazer pausas durante a leitura e, antes de retomá-la, recapitule.

De acordo com o especialista, a nossa capacidade de memorizar também pode ser estimulada por uma alimentação adequada. Procure ingerir  carboidratos, proteínas, gorduras “boas” (azeite de oliva, óleos vegetais e sementes) vitaminas e sais mineiras. Evite gorduras saturadas e doces, que retardam a digestão e dificultam o raciocínio.

Leia mais
Comente

Hot no Donna