Exposição ao oxigênio pode retardar sinais de envelhecimento

Estudo mostra que procedimento diminui surgimento de rugas

Oxigênio pode regenerar tecidos atingidos por raios UVB
Oxigênio pode regenerar tecidos atingidos por raios UVB Foto: Banco de Dados

Não é segredo algum que os raios solares causam o envelhecimento e aumentam o surgimento de rugas. Mas a novidade é que o oxigênio, esse elemento tão indispensável as nossas vidas, pode ajudar a combater as rugas, regenerando o tecido atingido pelos raios UVBs. A descoberta foi feita por cientistas japoneses da Universidade de Tóquio e publicada na American Journal of Physiology.

Na pesquisa, ratos que foram expostos a um ambiente oxigenado depois da exposição à radiação UVB tiveram menos rugas e os tecidos ficaram mais preservados do que aqueles que só foram expostos aos raios solares.

As marcas provocadas pelo sol, como as rugas e a pele mais espessa, ficam logo aparentes. Mas o que acontece por baixo da pele, nas moléculas, é um movimento invisível, chamado de angiogênese, que leva ao crescimento de novos vasos sanguíneos a partir dos já existentes e pode colaborar no processo de envelhecimento.

Como a descoberta será aplicada aos humanos, é o próximo desafio dos cientistas. Por enquanto, a recomendação unânime é que as pessoas se protejam do sol com filtros solares e roupas que impeçam a absorção total da radiação.

Leia mais
Comente

Hot no Donna