Exposição Mulheres, Artistas e Brasileiras terá mais um turno de visitação no Planalto

Mostra que traz acervo composto por obras do século 20 tem entrada gratuita

O colecionador argentino Eduardo Constantini cedeu o Abaporu, da coleção permanente do Malba, para a exposição
O colecionador argentino Eduardo Constantini cedeu o Abaporu, da coleção permanente do Malba, para a exposição Foto: Divulgação, Minc

A exposição Mulheres, Artistas e Brasileiras, que desde o dia 24 de março está aberta à visitação no segundo andar do Palácio do Planalto, terá mais um turno de visitação. Agora, o público poderá também conferir a mostra das 18h às 20h, além do horário convencional das 10h às 16h, até o dia 5 de maio, nos dias úteis e nos finais de semana. Só no último sábado (dia 2), 446 pessoas visitaram a exposição, que é gratuita.

O acervo é composto por obras do século 20, de artistas que se destacaram na luta pela emancipação e inserção da mulher no movimento cultural. São expostas obras de Tarsila do Amaral e Anita Malfatti, pela contribuição que tiveram para a conquista do voto popular feminino, a partir de 1934. Os organizadores do encontro ressaltam que elas “deram uma sólida e constante contribuição para a participação da mulher na arte brasileira”, de acordo com inscrição exposta na entrada da exposição.

São dezenas de quadros, muitos das primeiras décadas do século passado, que integram o acervo da Caixa Econômica Federal, do Banco do Brasil, do Museu Nacional do Conjunto Cultural da República, do Museu de Arte Brasiliense, do Museu Nacional de Belas Artes, do Museu Nacional Castro Maya, Museu da República e Museu de Arte Brasileira, instituições responsáveis pela preservação do patrimônio cultural brasileiro.

Cerca de um quarto das obras, na entrada da exposição, retratam a imagem de mulheres. São pinturas, esculturas, obras em cerâmica, desenhos, gravuras, fotografias e tapeçarias. Há trabalhos de Tarsila do Amaral, Djanira, Anita Malfati, Georgina de Albuquerque, Noêmia Mourão, Collete Pujol, Lygia Pape, Mira Schendel, Tomie Ohtake, Edith Behring e Renina Katz.

Leia mais
Comente

Hot no Donna