Fenômeno apelidado “Jennifer Aniston” mostra que mulheres mudam de cabelo o tempo todo

Mulheres trocam a cor ou o corte pelo menos 100 vezes durante a vida

Atriz Jennifer Aniston batiza o fenômeno dos cabelos de mulheres "camaleoas"
Atriz Jennifer Aniston batiza o fenômeno dos cabelos de mulheres "camaleoas" Foto: Divulgação

As mulheres mudam a cor ou o corte do cabelo 104 vezes durante a vida, em média, mostra um estudo feito pelo cabeleireiro britânico Andrew Collinge. O estudo, que ganhou o apelido de “efeito Jennifer Aniston”, mostra que as mulheres transformam suas madeixas pelo menos duas vezes ao ano dos 13 aos 65 anos. As principais motivações são o tédio, a vontade de melhorar a autoestima, o fim de um relacionamento, o nascimento do filho, o casamento e os primeiros fios brancos.

– A maioria das mulheres muda a cor do cabelo pelo menos três vezes na vida, e quase todas tiveram franjas em algum momento – diz Collinge.

MURAL:
:: E você muda seu cabelo com frequência? Cortando, pintando ou os dois? Quantas vezes por ano?

As celebridades também são grandes fontes de inspiração. Jennifer Aniston, que tem madeixas impecáveis e um tom perfeito de louro, os cachos soltos de Gisele Bundchen, o cabelo curtinho de Halle Berry e a cor dos fios de Victoria Beckham são alguns dos favoritos das inglesas.

– O cabelo tem um impacto visual muito grande, e transformá-lo sem dúvida traz enormes benefícios para a aparência e para a saúde emocional.

Os estilos mais desejados entre as participantes foram o cabelo longo e desfiado, o corte na altura ou um pouco acima dos ombros, o curto e repicado e os longos com cachos apenas nas pontas.

Para quem está pensando em alterar os fios mas ainda não tem certeza do que quer, a sugestão de Collinge é fazer pequenas alterações antes de decidir por um visual mais dramático. Mudar a textura dos fios, ou passar do liso para o cacheado temporariamente, pode melhorar a autoestima sem causar danos permanentes no cabelo.

Se quiser alterar a cor, comece pelas mechas, uma opção menos drástica e mais fácil de reverter se o resultado ficar ruim. Segundo o stylist, os tons em alta no momento são o castanho escuro, o louro cor de mel e o ‘mahogany’, um castanho avermelhado.

– Faça sempre um teste de coloração e nunca esconda do cabeleireiro se já passou por outros procedimentos químicos, já que isso pode modificar completamente o resultado final – completa.

>>> Cabeleireiros

Leia mais
Comente

Hot no Donna