Fernanda Zaffari: Rumo ao MoMA

Ricardo Lilja (de camisa preta), Vicente Saldanha (de camisa branca), Augusto Canini (de camisa verde), Alverto La Salvia (de camisa cinza) e Liliana Salzbach
Ricardo Lilja (de camisa preta), Vicente Saldanha (de camisa branca), Augusto Canini (de camisa verde), Alverto La Salvia (de camisa cinza) e Liliana Salzbach Foto: Carlos Edler

Em abril, parte da turma desta foto embarca para Nova York faceira com a conquista de uma vaga em um festival de cinema realizado pelo MoMA (Museu de Arte Moderna). O curta-metragem gaúcho Amigos Bizarros de Ricardinho é um dos 11 curtas selecionados para participar do New Directors New Films, concorrido festival que apresenta produções internacionais consideradas inovadoras e pontuais da nova safra de cineastas. Poderosos como Steven Spielberg, Pedro Almodóvar e Wim Wenders já integraram a lista de participantes. Ficamos surpresos e muito contentes com a escolha. Para ter uma ideia, o curta que ganhou o Oscar este ano (Logorama) participa do festival diz Augusto Canani, o diretor e roteirista.O curta foi filmado em abril do ano passado, faturou o prêmio de melhor direção de arte no Festival de Brasília, foi selecionado para o Festival de Recife e tem estreia em carreira internacional no dia 2 de abril no MoMA.

– Tem comicidade, um pouco de poesia e cenas tristes também – diz o diretor, explicando que a produção é uma adaptação de uma história real. – Pra mim, a realidade muitas vezes dá um banho na ficção.

Amigos Bizarros de Ricardinho retrata parte da trajetória de Ricardo Lilja, um estagiário de uma agência de publicidade que contava historias curiosas sobre amigos e familiares moradores de Viamão. O próprio Ricardinho faz o seu papel no curta.

Também integram a esquipe, Liliana Sulzbach (produção), Vicente Saldanha (direção de arte) e Alberto La Salvia (fotografia).

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna