Festival regionalista de mulheres ocorre no sábado no RS

Canções tratam de temas como a Lei Maria da Penha

Marlene Pastro é uma das participantes do evento
Marlene Pastro é uma das participantes do evento Foto: Ricardo Jaeger, Banco de Dados

Um festival regionalista em que todas as intérpretes são mulheres e a temática feminina aparece em todas as canções selecionadas. O RS Mulher Em Canto terá sua primeira edição amanhã, às 20h, em palco montado ao ar livre, em Imbé (RS), com entrada franca.

Inédito na história dos festivais do Rio Grande do Sul, o evento foi idealizado pela Coordenadoria Estadual da Mulher para ajudar a divulgar a Lei Maria da Penha, que trata da violência doméstica contra as mulheres. As 12 canções escolhidas se dividem em dois temas — as que abordam a lei propriamente dita e aquelas que tratam de temas femininos.

Compositores e instrumentistas homens são aceitos, mas as cantoras serão todas mulheres. Para defender as músicas concorrentes, estarão no palco intérpretes bastante conhecidas no Estado — nomes como Loma, Marlene Pastro, Oristela Alves e Shana Müller, de forte atuação no circuito dos festivais. Mas a proposta também é revelar artistas mais jovens — um exemplo é a cantora Nina França, de 18 anos, que lançou seu primeiro CD em 2008 e já participou de festivais como a Coxilha de Cruz Alta.

— Eu e algumas outras cantoras somos novas no meio, e para ter uma posição no circuito nativista é difícil, porque é dominado por homens — diz Nina.

— Os festivais aceitam bem as cantoras, mas se as mulheres quiserem dar um passo a mais, vão encontrar resistências — completa Marlene Pastro, cantora e compositora cuja canção Uruguaiana, Um Canto de Amor e Saudade foi eleita a mais popular da Califórnia de 2001.

— Não é um mero festival, ele visa à valorização da mulher. Uma ideia bonita, interessante e inteligente — diz o presidente do Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, Manoelito Savaris.

As músicas escolhidas

TEMA: MULHER

> Alma de Mulher (Miguel Machado da Silveira)

Intérprete: Valdiani Nogueira

> Chamamecera (Diego Muller, João Sampaio e Carla Zambiasi)

Intérpretes: Graziela Andriotti e Carla Zambiasi

> Da Mesma Canção (Carlos Omar Villela Gomes e Diogo Matos)

Intérprete: Analise Severo

> Lágrimas de Mulher (Adão Quevedo e Mauricio Marques)

Intérprete: Lúcia Helena

> Mãe, Mulher, Irmã e Amiga (Érlon Péricles)

Intérprete: Shana Müller

> Mulher Missioneira (Alvandir Rodrigues e Raúl Quiroga)

Intérprete: Nina França

> Pampa Mulher (Mário Amaral e Tuny Brum)

Intérprete: Oristela Alves

> Romance das Três Viúvas (Robson Barenho e Daniel Gomes Pereira)

Intérpretes: Patrícia Magallanes, Loma e Sil Hendges

> Só Consigo Ser Três (Greice Morelli)

Intérprete: Greice Morelli

> Tradutor de Estrelas (Vaine Darde e Daniel Torres)

Intérprete: Ana Pires

TEMA: LEI MARIA DA PENHA

> A Lei da Liberdade (Rodrigo Bauer e Pedro Guerra)

Intérprete: Adriana Sperandir

> Grito de Maria (Antonio Augusto Fagundes, Marlene Pastro e Vera Lúcia Pastro)

Intérprete: Marlene Pastro

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna