Frio aumenta dores na coluna

Veja dicas de médico para evitar o desenvolvimento de problemas nesta época

Muitas pessoas reclamam de problemas na coluna durante as estações frias do ano. Entre as queixas mais comuns, está o aumento das dores na região lombar e “travamentos” nas costas. De acordo com o médico João Luiz Pinheiro Franco, um dos autores do livro de referência na área “Conceitos Avançados em Doença Degenerativa Discal Lombar”, o frio e a umidade até podem influenciar na expansão e contração de tendões, músculos e ossos.

Segundos estudos, as alterações na pressão atmosférica parecem aumentar a rigidez articular e desequilibrar a pressão corporal, causando maior sensibilidade nas terminações nervosas. Conforme o médico, em casos de doenças reumatológicas, as baixas temperaturas podem de fato influenciar no limiar da dor. 

? Não há provas irrefutáveis que relacionem o aumento das dores nas costas com o frio e a umidade ? afirma o especialista.

O que pode influenciar diretamente o aumento das dores é o fato de que, no inverno, é comum as pessoas ficarem mais preguiçosas, diminuindo a atividade física, que muitas vezes já era pouca durante o resto do ano. Sem exercícios, a musculatura tende ao encurtamento. E, para agravar, no frio, há o “encolhimento” do músculo para preservar a temperatura corporal.

Para evitar o desenvolvimento de problemas nesta época, algumas dicas são importantes:

:: Faça alongamentos diários por mais tempo e com mais cuidado.

:: Se houver o chamado “travamento” nas costas, não faça nada para tentar colocá-la no lugar.

:: Procure a posição mais próxima do alívio durante a crise.

:: Tome um relaxante muscular indicado por um médico, respeitando os intervalos entre as doses. A maior parte das dores alivia em pouco tempo.

:: Se o incômodo persistir, o recomendado é procurar um especialista.

Leia mais
Comente

Hot no Donna