Gaúchas buscam a independência e são as mais estressadas e ansiosas do país, indica pesquisa

Levantamento revela aspirações das brasileiras de 20 a 30 anos para o futuro

Foto: Stock Photos

Elas querem independência, dão muito valor à beleza, são estressadas e ansiosas, e têm uma prioridade: elas mesmas. É o que aponta a pesquisa Mulheres 2030, realizada pela Rohde & Carvalho, com mulheres de 20 a 30 anos de 17 estados brasileiros, totalizando mais de 900 entrevistas. Estes e outros resultados foram divulgados na manhã desta terça-feira em Porto Alegre. 

Conforme o levantamento, mesmo envolvidas com o trabalho, as mulheres de classe C são aquelas que menos dão importância ao sucesso profissional e estão mais insatisfeitas com sua profissão. Já as de classes A e B se sentem pressionadas a ter sucesso profissional.

? As gaúchas são as que mais sentem essa cobrança ? afirma Suzana Carvalho, coordenadora da pesquisa.

:: Você é gaúcha entre 20 e 30 anos? Participe do mural do Donna e conte para nós se você se identificou com os resultados

As mais independentes financeiramente são as paulistas e as cariocas, aponta o levantamento. Afetivas e românticas, as mulheres 2030 desejam casar e ter filhos antes dos 35 anos. No entanto, 20% estão dispostas a abrir mão disso pelo sucesso na carreira.

? As gaúchas estão entre as que mais buscam aperfeiçoamento nos estudos nos próximos cinco anos ? sinaliza Suzana.

:: Participe de chat online com a coordenadora da pesquisa, Suzana Carvalho, aqui no site Donna das 13h30min às 14h

O estudo aponta ainda que as mulheres 2030 elegem algumas prioridades como comprar um imóvel e viajar. São preocupadas em não perder a conexão com o mundo e não ficar fora das novidades. Gostam de se informar sobre moda na internet e utilizam diariamente as mídias sociais.

Quando o assunto é sexo, paulistas e cariocas querem transar mais, ficando na frente das gaúchas no quesito traição.

O levantamento revela também a obsessão feminina com relação à beleza: 44% das mulheres da classe A, 23% da B e 10% da C já fizeram cirurgia plástica e gostam de andar na moda. Apesar da preocupação com problemas na velhice, são otimistas em relação ao futuro.

? As cariocas lideram o ranking das que mais fazem procedimentos estéticos ? destaca Suzana.

Ao contrário das gaúchas, as cariocas não cuidam da alimentação e exageram na dose quando bebem.

O perfil das gaúchas entre 20 e 30 anos

:: Traem menos que a média nacional (estão em terceiro lugar, atrás de cariocas e paulistas)
:: São as que mais se sentem pressionadas a ter sucesso profissional
:: Buscam mais aperfeiçoamento nos estudos do que as demais brasileiras
:: Cuidam bastante da beleza, mas nem tanto da saúde
:: 28% das gaúchas entrevistadas já fizeram cirurgia plástica
:: Mais de 40% das gaúchas realizam procedimentos estéticos para cuidar da beleza
:: Maioria das gaúchas de 20 a 30 anos é solteira: somente 39% têm namorado

Como foi feita a pesquisa

Usando métodos quantitativos e qualitativos distintos, o levantamento reuniu opiniões de mulheres de 17 estados e sete capitais brasileiras (Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Salvador), pertencentes às classes A, B e C do Critério Brasil.

Leia mais
Comente

Hot no Donna