Hidratação com óleo de caxemira define cachos e recupera os estragos

Repórter da Agência O Globo testou o tratamento que inclui creme associado a infusão

Depois de uma hora de tratamento, cachos macios e definidos ainda molhados
Depois de uma hora de tratamento, cachos macios e definidos ainda molhados Foto: Agência O Globo

Cabelo cacheado tem fama de ser rebelde e, volta e meia, surge um produto novo no mercado prometendo domar as jubas femininas. Ano passado, a Wella lançou a linha SP Smoothens com essa proposta e o Centro Capilar Sheila Bellotti, na Barra da Tijuca, comprou a ideia.

A repórter da Agência O Globo testou a hidratação com extrato de caxemira. Funciona como uma alquimia: um creme tipo máscara pode ser associado a uma dose de infusão, por exemplo, sendo que cada produto tem uma função específica.

No meu caso, que tenho fios encaracolados e tingidos, a terapeuta capilar fez um preparo para atender a essas duas necessidades. O meu cabelo se comportou muito bem durante a sessão e, depois de pouco mais de uma hora de cuidados, o resultado era visível: cachos macios, brilhosos e mais definidos ainda molhados. Depois que secou, confesso que a forma do cabelo não ficou exatamente do jeito que mais gosto. Mas que ele ficou mais bem tratado, isso ficou! E com apenas uma aplicação – o recomendado são quatro, uma por semana.

A linha SP da Wella é para uso exclusivo em salões. Na internet é possível achar os produtos à venda, mas o ideal é deixar que um profissional manipule e combine as doses. No meu caso, foi usada a máscara Color Save da SP com uma dose do Smoothen Infusion, que leva extrato de caxemira, muito utilizado em cosméticos para amaciar a superfície do fio capilar; proteína natural do milho, que reestrutura as fibras, deixando o cabelo mais resistente, e ainda o óleo de abacate, que deixa os fios macios e sedosos, protegendo-os contra a umidade.

? O fio do cabelo cacheado tem espaçamentos, que é onde a água, a umidade fica acumulada, provocando aquele efeito frizz ? explica a terapeuta capilar Sheila Bellotti. ? Esses produtos permitem combinações. Cada creme tem uma infusão correspondente, mas o ideal é misturar os tipos para obter o resultado ideal.

No dia seguinte, cachos definidos e resistentes ao sol de Jacarepaguá. Foto: Marcelo Piu Tratamento

Foi a própria Sheila que me atendeu. Depois de um fim de semana de plantão, com pouco tempo para os cuidados femininos, passar o fim de tarde de uma segunda-feira num centro capilar não foi nada mal. Minha cabeça passou por um verdadeiro “pente fino”, antes de receber a hidratação. Primeiro, ela usou um escaner para verificar meu couro cabeludo, que estava há 24 horas sem ver o xampu. Havia um pouco de seborreia, mas nada fora do comum, segundo a terapeuta. Outro problema identificado, e que pode ser genético, é um início de alopécia, a temida queda de cabelo. Confesso que o diagnóstico me deixou meio apreensiva, tanto que nem relaxei quando ela fez elogios, disse que meu cabelo de um modo geral está bem tratado.

Depois de analisar o couro cabeludo, Sheila pediu para outra profissional passar um esfoliante na minha cabeça. É meio geladinho, leva mentol. Em seguida, uma boa lavagem com xampu e o cabelo estava pronto para receber a poção mágica, que foi aplicada com um pincel, mecha por mecha. Para finalizar, ela fez a oclusão dos fios, ou melhor, prendeu os cachos e os envolveu em filme plástico. Quinze minutos depois, estava pronto. A terapeuta achou melhor não usar creme sem enxágue, para não mascarar o efeito. Talvez por isso, depois de seco, tenha ficado meio sem forma. Mas no dia seguinte, depois de uma nova lavagem e um pouco de leave in, eles ganharam mais forma. E os cachos estavam mais definidos, sim. Tanto que o cabelo ficou mais curtinho e resistente a uma manhã sob o sol intenso de Jacarepaguá, na Zona Oeste, durante um dia de trabalho numa pauta ao ar livre.

O preço do tratamento varia de acordo com o comprimento do cabelo, por exemplo. Em média, cada aplicação custa R$ 80. O Centro Capilar Sheila Bellotti fica no Centro Empresarial Barra Shopping, Rio de Janeiro: (21) 3150-2842 e 3150-2711.

Leia mais
Comente

Hot no Donna