Huis Clos e Maria Bonita abrem o quarto dia de São Paulo Fashion Week

Grifes fizeram desfiles impecáveis na passarela do evento de moda

Huis Clos apresentou luxuosas máscaras durante o desfile
Huis Clos apresentou luxuosas máscaras durante o desfile Foto: Agnews

O quarto dia de desfiles do São Paulo Fashion Week começou com dois pés direitos ? os lindos e emocionantes desfiles de Huis Clos e Maria Bonita. Sara Kawasaki, da Huis Clos, foi a estilista mais feliz até agora na apresentação das propostas para o inverno 2011. Fez um trabalho impecável em uma coleção que prima pela roupa próxima do corpo.

As modelos pareciam batmoças, com máscaras e roupas com mix de esportiva e sexy. Rendas recortadas, transparências, calças de alfaiataria com pregas na cintura, tons escuros, como pretos, cinzas e marrons, estiveram presentes.

A estilista Danielle Jensen, da Maria Bonita, foi buscar na interpretação humana da construção de Brasília a fonte de inspiração da coleção da marca. Fez um desfile emocionante, embalado pela música Construção, de Chico Buarque.

A modelo gaúcha Diane Conterato desfilou uma das peças mais bonitas da grife, um vestido-bolsa longo cinza. Danielle Jensen criou, além de vestidos-bolsa, saia-bolsa e casaco-bolsa. Fez uma releitura das marmitas dos candangos que executaram o desenho de Brasília apresentando marmitas como carteiras de metal.

 


Desfile da Maria Bonita – Foto: Agnews

Trouxe à tona a pochete e as bolsas com armações metálicas e fechos em forma de pregos, inspirados nas malas dos candangos e nos materiais de construção. Azulejos de resina com aspecto craquelado, uma referência à obra de Athos Bulcão, enfeitaram vestidos, blusas e acessórios.

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna