Intolerância ao glúten ou à lactose? Conheça os ovos de Páscoa especiais

Para quem têm restrições alimentares, grandes marcas fabricam chocolates sem estas substâncias

O chocolate de alfarroba é uma boa opção para quem não pode comer chocolate tradicional.
O chocolate de alfarroba é uma boa opção para quem não pode comer chocolate tradicional. Foto: Sxc, Divulgação

Compartilhar

Sempre atentos a uma parcela da população que possui algumas restrições alimentícias, os fabricantes de chocolates lançam no mercado produtos novos e que respondem às necessidades dessas pessoas. Os problemas mais comuns são a intolerância à lactose, ao glúten, diabetes e também quem não ingere produtos de origem animal, como os vegans. 

A alfarroba, por exemplo, é uma boa opção para quem não pode comer chocolate. A alfarroba possui sabor semelhante ao chocolate tradicional, mas com quantidade inferior de calorias e um teor de gordura bem baixo. Ela é uma espécie de vagem, que quando é triturada, se torna uma farinha, que substitui muito bem o cacau. Por não terem lactose e glúten na sua formula, os doces de alfarroba podem ser consumidos por pessoas com intolerância a essas substâncias. 

Para quem tem alergia à lactose, há opções de ovos sem leite, como o Nestlé Classic Zero e o Sollys, com soja e 0% de colesterol e 0% lactose. O tablete da Cacau Show também não tem lactose e possui 52% de sólidos de cacau. A Ovelbra possui uma linha especializada em chocolates orgânicos como o tradicional ovo Chocosoy que pode ser encontrado em dois tipos: Chocosoy Tradicional e Chocosoy Diet.  A Lugano também possui opções de chocolates sem lactose.

 assunto

Para quem está de dieta ou que não pode comer grande quantidade de açúcar, a Nestlé tem o ovo Nestlé Classic Diet, que tem o selo da Associação Nacional de Assistência ao Diabético (ANAD). A Lacta tem o ovo Lacta ao Leite Diet, uma ótima opção para quem não pode comer muito doce. Outra tendência é o recheio de frutas , que além de ter pouco açúcar, possui também baixíssima taxa de gorduras. A Garoto lança o ovo Garoto Frutas, que possui bombons sabor banana, damasco, figo, ameixa, e o novo sabor amora, todos com cerca de 50 kcal por unidade.

Entenda um pouco mais sobre a intolerância à lactose e ao glúten:
Intolerância à lactose: A lactose é o açúcar do leite, um dissacarídeo que se transforma em dois monossacarídeos: a glicose e a galactose. A falta ou a deficiência na produção da lactase faz com que a lactose chegue ao intestino grosso sem ser absorvida pelo organismo. As pessoas que tem intolerância à lactose, geralmente, sofrem com diarreia, distensão abdominal, gases e náuseas. Esta doença, infelizmente, ainda não tem cura, mas os sintomas podem ser tratados, principalmente, evitando o consumo de leite e seus derivados. Por isso, é importante que as pessoas intolerantes não comam o chocolate normal, pois ele é feito com leite. Outra opção de tratamento é o uso de cápsulas de lactase, um suplemento que auxilia na digestão da lactose.
Intolerância ao glúten: O glúten está presente na maioria dos biscoitos, massas, pães e doces. Quem tem intolerância ao glúten não pode comer alimentos  que contenham trigo ou qualquer derivado dele. O corpo do alérgico não é capaz de digerir o glúten, porque a enzima que é responsável por isso está inativa ou ausente. O principal tratamento é eliminar completamente alimentos que tenham glúten. Perda de peso, diarreia e anemia são alguns dos sintomas de quem sofre com este mal.

Leia também:
>>Conheça as novidades de chocolates para a Páscoa 2011
>>Decore sua casa para a Páscoa

Com informações do site Sem Lactose

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna