Jane Fonda conta sobre estupro e suicídio da mãe em campanha contra violência

Atriz deu depoimento emocionado revelando o motivo do suicídio de sua mãe, que morreu com 42 anos

Foto: Joel Ryan

Jane Fonda deu um depoimento emocionado para a campanha One Billion Rising, que foca no combate à violência contra a mulher e já tem uma série de celebridades como adeptas. Em vídeo divulgado nesta semana, a atriz revelou que a violência esteve por trás do suicídio de sua mãe.

– Minha mãe foi abusada sexualmente aos oito anos. Isso estragou sua vida para sempre. Ela nunca foi capaz de amar de verdade ou de não sentir culpa. Ela se matou aos 42 anos, e essas duas coisas estão relacionadas – contou.

Além de Jane Fonda, figuram entre as celebridades aderiram à campanha as estrelas Rosario Dawson e Robert Redford. O ator explicou porque decidiu participar.

– Isso não é uma questão feminina, é uma crise global.

No site do projeto, cheio de informações e dados chocantes – e que a maioria das mulheres nem desconfia -, a criadora do V-Day, a data máxima da campanha, marcada para 14 de fevereiro de 2013, cita desde casos de mulheres que não denunciaram estupros sofridos no movimento Occupy Wall Street (a fim de não prejudicar a causa) a clínicas fincanciadas por governos que tentam “curar” lésbicas através da violência.

:: No vídeo abaixo, o depoimento de Jane Fonda

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna