Jurerê Internacional (SC) tem o Réveillon mais cobiçado do país

Pequena multidão de ricos, com gasto médio de R$ 450 por pessoa, vai passar o Ano-Novo na praia

Festas na praia atraem milionários e ricaços
Festas na praia atraem milionários e ricaços Foto: Divulgação

Compartilhar

Os vídeos que anunciam as festas de Réveillon mais caras, baladadas e bem frequentadas do Brasil não resistem a uma imagem clichê. Com recursos do Google Earth, o turista observa o globo terrestre, e entende onde fica Brasil, Santa Catarina, Florianópolis. Com um zoom final, descobre Jurerê Internacional.

A cena é significativa: a Capital aparece aos olhos do mundo como principal destino brasileiro para endinheirados na virada do ano. Em nove anos, passar o Réveillon em Jurerê Internacional ganhou símbolo de status. E a cidade agradece o retorno em impostos, contratação de serviços locais e funcionários.

Pelo menos 11 mil pessoas vão entrar em 2011 com o pé direito nas areias de Jurerê em oito eventos de frente para o mar. Três ocorrerão pela primeira vez e outros dois ampliaram a edição anterior, de estreia. Somando o público da Pacha, na rodovia que dá acesso a Jurerê, o número sobe para mais de 15 mil. O aumento no número de festas de Réveillon indica que a fórmula dá certo, não importa o preço.

? O Réveillon é o carro-chefe de divulgação da cidade. No início, eram poucas festas criticadas pelo preço, mas ficou provado que a Capital precisava desse diferencial para atrair pessoas com poder aquisitivo ? observa o presidente da Federação dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de SC, Estanislau Bresolin.

Não tem ingressos por menos de três dígitos, e a procura está aquecida. Para a segunda edição do Shine, por exemplo, 70% dos ingressos já foram vendidos. A organização do Boutique foi a que mais se antecipou na venda de ingressos e os colocou no mercado em julho.

? Faz parte da estratégia divulgar e vender bem cedo. A maioria dos eventos começa com um mês ou dois de antecedência. Oferecer sozinho os ingressos durante um tempo é garantia de venda antecipada ? destaca Ricardo Kurtz, responsável pelo Boutique.

Os preços variam conforme o lote, o dia da venda e o que inclui o pacote. Os mais baratos entre as festas com o pé na areia e tudo incluído partiram de R$ 180 mulheres e R$ 270 homens. Agora chegam facilmente a R$ 800 feminino e R$ 1,2 mil masculino, sujeito a alterações até o dia 31. Os valores crescem exponencialmente com a proximidade da festa. No Venice Beach, por exemplo, o feminino aumenta R$ 100 e o masculino R$ 200 a cada lote.

Em média, os valores superam em 10% os do ano passado, e o ritmo da procura também. Quem não tem dinheiro à vista, pode parcelar em até seis vezes em sites como o Blueticket, que vende convites para a maioria das festas.

O preço é salgado, mas inclui o sabor de ostras frescas, caviar, salmão, filé mignon e mesas de frios, entre outras delícias. A maioria das festas tem o sistema all included, que libera comida e bebida a noite toda. Destaque para o champanha, recepcionada com fogos de artifício e gritaria entre mulheres.

Matérias de jornais estrangeiros, como The New York Times, ajudaram a construir a imagem do Réveillon VIP. Estreante na virada em Jurerê, o diretor do Café Riso Plage, Luis Grassia, resolveu não pular essa onda.

? Nada nesse mundo é para sempre, tudo é cíclico. Florianópolis é o point da moda, como foi Búzios, Angra dos Reis ou Punta del Este. Jurerê se tornou referência nacional para esse turismo e torcemos para que permaneça durante muito tempo ? diz Grassia.

Veja mais
>> Alugue um apartamento para a temporada em Jurerê Internacional
>> Casas em Jurerê Internacional para quem quer passar as férias
>> Ofertas de imóveis para a temporada em Florianópolis

Leia mais
Vídeos recomendados
Comente

Hot no Donna