Lavar as mãos é um hábito simples que ajuda a prevenir doenças

Gripe, resfriado e conjuntivite podem ser evitados com esta prática rápida

Há no mercado alternativas ao álcool gel para evitar o ressecamento das mãos
Há no mercado alternativas ao álcool gel para evitar o ressecamento das mãos Foto: Mulher Beleza, Divulgação

A prática de lavar as mãos é algo que se aprende desde cedo na escola. Mas, na maioria das vezes, as pessoas não valorizam esse hábito tão importante. Doenças como gripe, resfriado, conjuntivite e diarréia infecciosa podem ser evitadas com a prática da higienização das mãos.

O assunto ganhou destaque no ano passado depois que Influenza A surgiu como uma ameça à saúde mundial. A OMS, Organização Mundial de Saúde, tratou de intensificar os avisos sobre a importância de se manter as mãos sempre limpas.

No último dia 5 de maio, foi celebrado o Dia Mundial de Higienização das Mãos. Além de diversas atividades promovidas para sensibilizar as pessoas pelo mundo, no Brasil a OMS – , em parceria com a Anvisa – desenvolveu uma campanha para conscientizar de que o hábito pode prevenir infecções hospitalares.

Manter as mãos limpas é uma prática que precisa ser seguida por todos, mas quando se está no trabalho ou simplesmente longe de casa não é fácil fazê-lo. Considerando o fator praticidade, quem não tem tempo de lavar as mãos constantemente pode optar pelo uso do álcool gel, que passou a ser utilizado com assiduidade em função da gripe H1N1.

Apesar de prático, o álcool gel possui uma desvantagem, o ressecamento das mãos. Esse efeito pode ser evitado com o uso de produtos antissépticos especiais que são uma alternativa ao álcool gel.  

Leia mais
Comente

Hot no Donna